FEIRA DE ARTESANATO, EM BALDIM.

FEIRA DE ARTESANATO, EM BALDIM.

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

REUNIÃO DE VEREADORES NA CÂMARA


Praça central de Baldim
______________________________________________
OS ELEITOS PREFEITO ZITO E VICE ALEX NA REUNIÃO DA CAMARA
A primeira Reunião dos Vereadores, após as Eleições 2012, na Câmara Municipal de Baldim, me pareceu “corrida demais”para uma bancada que votou contra a Resolução de manter as 2 Reuniões Ordinárias mensais, do Vereador Xandão, apoiado apenas pelos Vereadores Moacir Serralheiro e João do Trailer. Os Vereadores que votaram contra, argumentaram que as reuniões estavam sem conteúdo. A ausência de conteúdo na Reunião de Vereadores significa que o município de Baldim não tem nenhum problema social ou econômico pra resolver, e mais, que os Vereadores não tem nada pra  fazer na Câmara, já que tudo está em ordem. Essa atitude é, no mínimo, um insulto ao raciocínio dos eleitores que os elegeram pra fiscalizar e zelar pelo Patrimônio Público do município. A correria das atividades da Reunião se deveu ao acúmulo de “conteúdo” de um mês, que deveria ser colocado em discussão e votação, numa Reunião de apenas 2 horas. Nem a competência e habilidade de conduzir os trabalhos do Presidente Fernando, já comprovadas em outras ocasiões, deu conta do recado, com tempo marcado para os questionamentos e argumentações. Será convocada uma reunião extraordinária pra terminar os trabalhos.
Pelo menos, sobrou um tempo para as gentilezas da casa, dando a palavra ao Prefeito Zito, eleito nas últimas eleições, que falou de seus projetos de fazer um governo participativo e da necessidade de estarem sempre presentes nas reuniões para trabalharem juntos. Estavam presentes também o Vice-Prefeito Alex e sua esposa Bernadete.
Resumo da Ópera:
 - O Vereador  Xandão vai reapresentar seu Projeto de 2 reuniões ordinárias mensais. Quem sabe, os Vereadores encontrem “conteúdo” para suas reuniões, que justifique a relação salário e horas de trabalho na Câmara. Aqui vão alguns dados, para  cálculos de matemática divertida. Somando as horas das reuniões ordinárias, temos: em 1 mês = 2 horas de reunião / em 1 ano = 24 horas de reunião / em 4 anos = 96 horas de reunião / a R$3.400,00 por mês… Ione, editora do Blog

terça-feira, 30 de outubro de 2012

CAIXA ELETRONICO É ATACADO EM SÃO VICENTE




Caixa Eletrônico / Supermercado / antigo Cinema de São Vicente
________________________________________________________
 OITAVO ASSALTO AO CAIXA ELETRÔNICO EM SÃO VICENTE


É a oitava vez em menos de um ano que esse terminal é alvo de bandidos. Três homens encapuzados e armados tentaram explodir o terminal. Um caixa eletrônico foi atacado na madrugada desta terça-feira no distrito de São Vicente, em Baldim, Região Central de Minas Gerais. De acordo com a 27ª Companhia do 25º Batalhão da Polícia Militar (PM), é a oitava vez em menos de um ano que esse terminal é alvo de bandidos. Por volta de 2h desta terça, bandidos instalaram explosivos no caixa e detonaram, porém não conseguiram destruir a máquina para acessar as gavetas de dinheiro. O terminal do Bradesco, que está instalado dentro de um supermercado na Rua Martins da Costa, ficou danificado, assim como uma porta de vidro da loja.Testemunhas informaram para a PM que viram três homens encapuzados e armados saindo do supermercado. Eles fugiram a pé sem levar dinheiro. De acordo com a PM, o supermercado foi inaugurado há cerca de quatro meses no local onde antes funcionava um cinema. Os criminosos não foram presos. O supermercado tem circuito interno de segurança, mas as câmeras não alcançam o espaço em que o caixa fica instalado para ajudar na identificação dos bandidos. O Grupamento de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado para garantir a segurança no supermercado por causa dos artefatos usados na ação criminosa. (publicado no site do EM digital -Luana Cruz - Flora Pinheiro - TV Alterosa - Publicação: 30/10/2012 10:38)


COMENTÁRIOS NO FACEBOOK
SÃO VICENTE PEDE SOCORRO. 8ª EXPLOSÃO NO CAIXA ELETRÔNICO.
Os moradores de São Vicente, principalmente os moradores da rua Martins da Costa, estão alarmados, em pânico em estado de horror com as explosões constantes ao Caixa Eletrônico do Bradesco existente na rua. São mais ou menos 30 minutos, entre o início das ações dos ladrões com o acionamento do alarme, onde a polícia também é acionada em Baldim, barulhos de ferramentas arrombando a porta de vidro da entrada, até a explosão da dinamite parecendo que as casas vão cair, tamanho o barulho e sendo atingidas por estilhaços de vidros da porta, momentos que eles vivem parecendo uma eternidade em suspense horrorizados, com senhoras com mais de 90 anos, crianças desmaiando tamanho a pressão que é este momento. Até quando teremos que passar por estas horas de horror? Vejam vocês que, em Baldim, tem agencias do Credisete, Banco do Brasil, Bradesco e uma Agencia Lotérica e nunca aconteceu ações como está ocorrendo em São Vicente. Com a palavra nossas autoridades constituídas. — com Thiago Xavier e outras 21 pessoas.  José Juliano Martins

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

PAUTA DO DIA - SALÁRIOS






Praça central de São Vicente
___________________________________________________
SALÁRIOS - por GILMAR CASTILHO
Estou impossibilitado de comparecer à Câmara dos Vereadores na data de hoje, por estar viajando. Neste momento, estou distante de Baldim e não há como eu chegar a tempo para a reunião desta noite. Mas, mesmo assim, transmito através deste Blog a minha indignação quanto ao aumento dos salários dos vereadores e do prefeito. Um vereador tem salário atual de R$ 1.800,00 e passará para R$ 3.400,00 a partir de janeiro (aumento de 88%). Já o prefeito passará a ganhar R$ 14.000,00 (hoje, o salário é de R$ 9.000,00), em um aumento de 56%. 
Estes aumentos foram votados em uma reunião quase que secreta antes das eleições, pois não houve divulgação da mesma e que fere frontalmente o que estipula a Constituição Federal. Pela nossa Carta Magna, os aumentos podem ser feitos para que entre em vigor no mandato seguinte e devem repor as perdas inflacionárias do período. Nos últimos 4 anos, as perdas foram inferiores a 28%. Não há que considerar a inflação futura, pois isso já ocorreu nos aumentos anteriores e este diferencial já se encontra embutido nos salários atuais.
Devemos considerar que ao contrário das grandes e médias cidades, onde os vereadores estão diariamente à disposição da população em seus gabinetes, em Baldim esses políticos só se reúnem uma vez por mês (ou duas se for alterada a legislação) de uma ou no máximo duas horas. Raramente, existe reunião extraordinária para os vereadores.
Só como exemplo: a população da cidade de Olímpia, no estado de São Paulo, se revoltou com o aumento de 43% que os vereadores deram para seus salários, e este acréscimo está sendo revisto. Ou seja, isso ocorreu com menos da metade do aumento dado pelos vereadores de Baldim.Corre à boca miúda que o prefeito, após perder a reeleição, quer vetar o aumento para o chefe do executivo, deixando apenas o aumento dos vereadores. Não sei se procede tal informação, mas devemos ficar atentos.

A CÂMARA DOS VEREADORES É A CASA DO POVO. PORTANTO, DEVEMOS ESTAR PRESENTES ÀS REUNIÕES E INTERFERIR NAS DECISÕES, POIS ELAS NOS AFETAM E DETERMINAM COMO SERÁ UTILIZADO O DINHEIRO QUE NÓS PAGAMOS EM IMPOSTOS!
Gilmar Castilho


Praça Central de Baldim
__________________________________________________

MEDINDO A ÁGUA E O FUBÁ!
Estive fazendo as contas e fiquei assustado:
Cada reunião plenária de Baldim irá custar à Prefeitura só com os salários dos vereadores o valor de R$ 24.480,00. 
Vejam como eu cheguei a esta conclusão:
Supondo que cada vereador irá receber R$ 3.400,00 por mês.
São nove vereadores, logo a Câmara terá uma despesa de 9 x 3.400 = R$ 30.600,00 a cada mês.
No ano, sem contar o 13º salário, serão 12 x 30.600,00 = R$ 367.200,00.
Nos 4 anos do próximo mandato, teremos 4 x 367.200,00 = R$ 1.468.800,00
É isso mesmo! Nos 4 anos, a Prefeitura terá que desembolsar R$ 1.468.800,00 (um milhão, quatrocentos e sessenta e oito mil e oitocentos reais) só com salários de vereadores. É uma pequena fortuna, não acham?
Como na última reunião da Câmara Municipal, ficou decidido que em Baldim haverá apenas uma reunião ordinária por mês, em quatro anos, teremos 4 x 12 = 48 reuniões ordinárias. Em casos excepcionais reuniões extraordinárias poderão ser convocadas. Vamos calcular cerca de 12 reuniões extraordinárias nos 4 anos do próximo mandato.
Entre ordinárias e extraordinárias teremos, então, 60 reuniões nos anos de 2013 a 2016.
Se dividirmos o custo dos salários dos vereadores pelo número de reuniões da Câmara, teremos: 1.468.800 : 60 = R$ 24.480,00.
Conclusão: 
Cada reunião da Câmara Municipal de Baldim custa R$ 24.480,00.
Apesar da importância dos vereadores em uma cidade de pouca arrecadação e carente de quase tudo, parte desta despesa de R$ 1.480.800,00 não faria falta a outros investimentos como educação, saúde e infraestrutura?
Esses cálculos são apenas resultados de uma reflexão que fiz sobre a necessidade de se racionalizar os gastos em relação à arrecadação do município. E olha que eu não computei os gastos com funcionários, água, luz, cafezinho, telefone e outras despesas extras da Câmara.
Na roça, existe um ditado: 
“Devemos medir a água conforme a quantidade de fubá!”
Gilmar Castilho em 27/10/2012



Praça Central de Amanda
________________________________________________
 SENADOR QUER FIM DOS SALÁRIOS DOS VEREADORES
14/08/2012 às 17:56:08 
 Postado em Política http://www.guiamuriae.com.br/
 Senador quer o fim do salário para vereadores de cidades com menos de 50 mil habitantes
O senador Cyro Miranda, de Goiás, apresentou nesta segunda-feira (12) no Senado uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que prevê o fim da remuneração para vereadores de municípios com menos de 50 mil habitantes. Outros 30 parlamentares assinaram o requerimento para que a proposta pudesse começar a tramitar na Casa.
A proposta está em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e se chegar a ser aprovada pelo Congresso Nacional, o que pouca gente acredita, irá atingir cerca de 90% das câmaras municipais do País. Um verdadeiro “balde de água fria” nos planos de muitos candidatos que encaram a política como carreira.
A PEC limita ainda o total da despesa das câmaras de vereadores dessas cidades a no máximo 3,5% da arrecadação municipal. O senador avalia que a proposta, se aprovada, trará um impacto positivo para os cofres públicos dos pequenos municípios.
Na justificativa da PEC, o senador também lembra que a própria Constituição Federal permite aos vereadores ocupantes de cargo público acumular outras funções no caso de compatibilidade de horários. Segundo o senador proponente da PEC, na maioria dos municípios, os vereadores reúnem-se duas ou três vezes por mês, o que viabiliza a integração de outras atividades profissionais por parte desses parlamentares.
Nas eleições 2012 o número de vereadores no país pode superar a marca de 59 mil nas eleições de 2012. Quase sete mil a mais do que o número de eleitos para as câmaras municipais em 2008.

PATRIMÔNIO PÚBLICO



Posto de Saúde de Baldim
____________________________________________________
DOAÇÕES AO POSTO DE SAÚDE DE BALDIM

Anônimo  25/10/2012  20:18:00
Estou indignada ao saber que doações feitas para o posto de saúde estão sendo retiradas por terem perdido a política. Penso eu, que quando fazemos uma doação indiferente de quem ganha ou perde "é uma doação"!!!!!Que vergonha!!!!!!! Foram retiradas cadeiras de banho, cadeiras de rodas e até suporte de soro.E ainda estou sabendo vão retirar tudo foi doado do "Mater dey", vai sobrar somente funcionários e paredes. E agora pergunto onde estão os equipamentos antigos do posto? Penso que se foi doação , deve ter entrado no Patrimonio d posto, ou estou enganado? Por isso q nada aqui vai pra frente!!!!!

Ione Torres 26/10/2012  16:11:00
Oi Anônimo, sobre as doações do Hospital Mater Dei ao Posto de Saúde de Baldim, fui autorizada pelo Vereador Arnaldo Sabino para dar esclarecimentos sobre o assunto.O motivo da paralisação das doações não tem nada a ver com Política, ou o fato de Arnaldo Sabino não ter sido reeleito Vereador. Esta é uma decisão que partiu do Dr. José Salvador Silva, proprietário do Hospital Mater Dei, pois na verdade, as doações de material hospitalar usado é proibido, tudo que é descartado de hospitais deve ser queimado, até o lixo hospitalar é separado, recolhido e incinerado de maneira especial. Portanto, resta-nos agradecer ao Dr. Salvador e ao empenho do Vereador Arnaldo pela ajuda ao Posto de Saúde, ao Asilo e a Comunidade de Baldim, e respeitarmos esta decisão, pois há tantos anos estas doações tem sido feitas.
Sobre as cadeiras de rodas e banho, elas foram doadas pela DªAna Paula que decidiu levá-las para o Asilo, onde são mais necessárias, mas continuarão á disposição do Posto de Saúde. Espero ter contribuído para o esclarecimento do assunto, este é um direito da população reclamar e participar da manutenção do patrimônio público. Ione, editora do Blog.

Boa noite Ione, Realmente, conversando com minha irmã, decidimos que a cadeira de rodas e de banho são mais necessárias no Lar da Boa Esperança do que no Centro de Saúde. No momento, elas estão emprestadas a Amanda Carolaine Souza Perazoli, moradora de São Vicente, que recentemente sofreu um acidente. Assim que a Amanda se recuperar, as cadeiras irão ficar no Lar e estarão à disposição de qualquer pessoa que, por ventura necessitem delas. O colchão pneumático encontra-se em minha residência e também está à disposição para ser usado por pacientes que precisem ficar longo tempo acamados. O meu intuito é ajudar e dar um pouco de conforto a quem necessitar. Um abraço, Drª.Anna Paula T.C.Diniz em COMENTÁRIOS NO FACEBOOK.

Oi Anônimo, ainda sobre os boatos que estão circulando sobre as doações do Hospital Mater Dei ao Posto de Saúde de Baldim, as informações que me foram passadas nesta manhã, por telefone, pelo Vereador Arnaldo, já estão publicadas nesta postagem. Se as doações já feitas,  vão ser retiradas ou não, eu não tenho esta informação. Elas são, na sua maioria, lençóis e  camas hospitalares, que estão emprestadas nas residências do município, para pacientes que estão acamados por tempo indeterminado. O aparelho de Raio X, doado pelo Dr. José Salvador, foi encaminhado a outro município, por falta de estrutura física e de pessoal especializado para seu uso, após entendimento  numa reunião da Câmara. As informações sobre as cadeiras de rodas e banho foram confirmadas nesta postagem pela própria doadora, a Dª Ana Paula Diniz. Portanto, continuo acreditando que até mesmo os boatos, que podem ou não ter um fundo verdade, devem ser questionados e esclarecidos, mesmo através de comentários anônimos, que continuarão sendo publicados, desde que sejam de utilidade pública. Ione editora do Blog.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

GRUPO ACOPLATION EM BALDIM



Grupo Acoplation de Baldim
___________________________________________________
GRUPO ACOPLATION EM BALDIM
Baldim é um município de Minas Gerais que está a aproximadamente 100 km de Belo Horizonte e possui cerca de 7 mil habitantes. A produção de diversos doces saborosos é um dos destaques da cidade. O município também é conhecido por sediar a matriz do Grupo Acoplation. A Aicom Indústria e a Acoplation Andaimes dividem um parque industrial de 30 mil m²“Buscamos um diferencial que seja percebido pelo mercado. E isso envolve qualidade, mão de obra profissional, organização e compromisso”, destacou Paulo Abreu, Gerente Geral da Aicom e ex-gerente geral da Andaimes.

Hoje, além do plano de empregar 400 dos 7.895 moradores da cidade, a Acoplation emplaca 250 veículos no município, com impacto positivo na arrecadação do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). O número de empregos gerados para os moradores de Baldim é uma das vantagens da presença do grupo na cidade.


 Em relação ao ano passado, o crescimento do número de vagas foi em média de 18% na Andaimes e 236% na Aicom.“Esses resultados são de grande importância econômica para Baldim, porque melhora o poder aquisitivo da população. Circulando mais dinheiro a cidade cresce, o comércio cresce e a qualificação profissional também”, ressaltou Paulo Abreu.  Atualmente, o Grupo Acoplation possui 154 funcionários em Baldim, sendo que 38 são colaboradores da Andaimes e 116 trabalham na Aicom.


O Operador de Empilhadeira, Carlos Soares, trabalha na Acoplation Andaimes há quatro anos e destacou que é satisfatório fazer parte do sucesso da empresa. Para André Luiz da Silva que, há três anos, trabalha na produção na linha de solda da Aicom, a fábrica evoluiu muito. “Nesse tempo de trabalho, tive o incentivo da empresa, fiz curso e aperfeiçoei o meu trabalho”, contou André. Ane Ribeiro, 36 anos, é moradora de Baldim e ressalta que a fábrica melhorou o município em todos os sentidos. “A empresa valoriza os funcionários e gera renda para cidade. Além de apoiar os eventos realizados no município”, revelou Ane.


A escolha do Grupo Acoplation pela cidade de Baldim justifica-se pelo fato de o seu Diretor-Presidente, ser natural do município. Há 15 anos, o desenvolvimento econômico da cidade estava comprometido, o que foi agravado pelo encerramento das operações de uma grande empresa, a Cedro e Cachoeira, na cidade.

domingo, 21 de outubro de 2012

HORA DE LAVAR A ROUPA SUJA


Prefeitura de Baldim
____________________________________________________
CRÍTICAS ADMINISTRATIVAS X DENUNCIAS
Anônimo 21/10/2012 11:40:00
Quero acreditar que a farra dos funcionários fantasmas acabarão também , corre um boato aqui em SV , o que tem de pessoas aqui que recebem da prefeitura sem trabalhar , é impressionante como que pode uma coisa dessa , são pessoas que estão mamando mas mamando mesmo , eu estou impressionado com as pessoas que estão sendo citadas , desse jeito compram carro novo , moto nova ,reforma casa , assim é bom demais, se aqui tem esse tanto de pessoas , imagino em Baldim , deve de ter o dobro e mais um pouco .Eu me pergunto ,o que fazem esses vereadores ?Se não me engano essa é uma tarefa deles ,fiscalizar como está sendo gasto o dinheiro público , ou será que eles ganham um por fora também pra fazer vista grossa ,ou seja fingir que não sabem de nada . Outra coisa que eu não concordo também é com o vereador que foi reeleito ter um cargo de motorista também , o pior é que ele só tem o cargo , tem o salário como motorista mas não trabalha , assim é bom demais , dois salários . Espero que em 2013 essas farras todas acabem .

RESPOSTA: Oi Anônimo, este é um período de transição entre uma Administração Pública que sai e uma nova que entra, é como um Locatário que venceu seu prazo de contrato e vai devolver o imóvel ao dono, no caso, o Povo.  Para a Administração que sai é uma boa hora pra limpar a casa, fazer um balanço geral dos bens que recebeu, sem perdas e danos para o povo,  seu proprietário, acertar as contas, lavar a roupa suja… e entregar o imóvel em melhores condições do que quando o recebeu. Para a Administração que entra é uma boa hora para o novo Locatário verificar o que está recebendo, se a casa está limpa, receber e conferir o balanço dos bens e do acerto de contas. Quanto à roupa suja, se foi bem lavada ou não, cabe ao novo Locatário verificar e descartar as roupas sujas, mal lavadas  e manchadas, as que não servem para nada nem pra ninguém e substituí-las por roupas novas e adequadas ás suas finalidades. Daí, melhor mostrar serviço, pois ...vai que um dia estes locatários  querem voltar… o Povo os receberá de portas e braços abertos… ou não. Ione, editora do Blog.


Venho como anônimo não por covardia , mas porque não tenho como provar dos boatos citados , mas acredito em todos . Como já dizia um velho ditado, " ONDE HÁ FUMAÇA TEM FOGO" Anônimo

RESPOSTA: Oi, Anônimo, desculpe, mas vou usar seu comentário para passar algumas informações aos leitores. A opção de fazer comentários como anônimo é valida, é uma das regras do sistema de blogs, como também é válido quando o editor do Blog aceita e publica os comentários anônimos ou não. Algumas pessoas não entendem ou não aceitam isso, mas é assim que funciona. O Blog é um espaço do editor, como se fosse sua casa, cada um tem a sua, você convida a entrar quem você quer e acha que merece credibilidade. Nossas regras já foram, exaustivamente repetidas nos editoriais deste Blog e a primeira delas é : evitem citar nomes de pessoas em denuncias anônimas, se tem provas, encaminhe aos órgãos competentes, só a Polícia aceita denuncias anônimas, porque é um órgão competente para estes casos. Quando o Blog é um veículo de interação entre o Povo e a Administração Pública, como é o nosso, as críticas construtivas até ajudam a resolver problemas na comunidade. As denuncias são inevitáveis, mas anônimas ou não, elas deverão feitas diretamente nos órgãos competentes, porque este Blog não representa e não encaminha nenhuma  denuncia e nem tem autoridade jurídica pra investigar nem julgar ninguém. Portanto, fique à vontade pra expor suas críticas, sugestões e opiniões, anônimas ou não, se o objetivo é o bem estar da nossa comunidade. Obrigada pela atenção.Ione, editora do Blog.



A LEI ESTÁ COM A PALAVRA

Montanhesa22/10/2012 17:00:00
Bom, acerca da questão levantada pelo anônimo, vejamos, o que um especialista em Direito Público pela FESURV e em Direito Processual Civil pela UNISUL, além de Analista Legislativo do Senado Federal esclarece, baseado na Constituição Federal de 1998 (CF/88), a maior lei brasileira esclarece:

"O art. 38, que estabelece as soluções em relação à acumulação de cargos, empregos ou funções com cargos eletivos.
Art. 38. Ao servidor público da administração direta, autárquica e fundacional, no exercício de mandato eletivo, aplicam-se as seguintes disposições: 
I - tratando-se de mandato eletivo federal, estadual ou distrital, ficará afastado de seu cargo, emprego ou função;
II - investido no mandato de Prefeito, será afastado do cargo, emprego ou função, sendo-lhe facultado optar pela sua remuneração;
III - investido no mandato de Vereador, havendo compatibilidade de horários, perceberá as vantagens de seu cargo, emprego ou função, sem prejuízo da remuneração do cargo eletivo, e, não havendo compatibilidade, será aplicada a norma do inciso anterior;
[...]
A leitura do inciso III leva ao entendimento de que, em havendo compatibilidade de horários, é permitido que o servidor público investido no mandato de vereador, poderá acumular os cargos. 

Contudo, vale destacar que a acumulação permitida pelo art. 38, III, da CF/88, deverá ser aplicada com reservas. 

Em se tratando de cargo de provimento em comissão, caracterizados por serem de livre nomeação e exoneração (ad nutum), a leitura do art. 38, III, deverá ser feita conjuntamente com o disposto no art. 54 c/c art. 29, IX, da Constituição.

Art. 54. Os Deputados e Senadores não poderão:
I - desde a expedição do diploma:
(...)
b) aceitar ou exercer cargo, função ou emprego remunerado, inclusive os de que sejam demissíveis "ad nutum", nas entidades constantes da alínea anterior;
II - desde a posse:
(...)
b) ocupar cargo ou função de que sejam demissíveis "ad nutum", nas entidades referidas no inciso I, "a";

Art. 29. O Município reger-se-á por lei orgânica, votada em dois turnos, com o interstício mínimo de dez dias, e aprovada por dois terços dos membros da Câmara Municipal, que a promulgará, atendidos os princípios estabelecidos nesta Constituição, na Constituição do respectivo Estado e os seguintes preceitos:
(...)
IX - proibições e incompatibilidades, no exercício da vereança, similares, no que couber, ao disposto nesta Constituição para os membros do Congresso Nacional e na Constituição do respectivo Estado para os membros da Assembléia Legislativa;
Desse modo, por se tratar de proibição de natureza política e não meramente administrativa, a prática de tal acumulação indevida implica pena de perda do mandato de vereador.

Com efeito, partido da análise ora apresentada, conclui-se:

a) será possível a acumulação de cargo público com o mandato de vereador, nos termos do art. 38, III, da CF/88, desde que haja compatibilidade de horários e o cargo seja de provimento efetivo.

b) em se tratando de cargo de provimento em comissão será inviável a sua acumulação com o mandato de vereador, consoante interpretação do art. 54 c/c art. 29, IX, da Carta Magna.
Fonte: http://vajamorim.blogspot.com.br/2010/07/acumulacao-de-cargo-com-mandato-de.html"

Espero ter contribuído para entendimento. A acumulação do cargo é possível e, logo, o salário também. Lembrando apenas que a acumulação é possível para o vereador que ocupar cargo efetivo, neste caso de motorista, por meio de concurso público. Se o cargo de motorista, for por indicação, melhor em comissão (sem concurso, não-efetivo) a acumulação não poderá ocorrer, sob pena de perder o cargo de vereador.

É super pertinente a questão levantada pelo anônimo. Temos que ficar de olho, afinal o dinheiro para pagamento dos salários vereadores, prefeitos, cargos da prefeitura e outros tantos outros cargos públicos, sai do nosso bolso.

RESPOSTA: 
Oi Montanhesa, obrigada pelos esclarecimentos legais sobre o acúmulo de cargos e salários dos Vereadores. Há anos, este assunto vem se transformando em “a pergunta que não quer calar”,  com acusações e denuncias motivadas pela nossa desinformação sobre as leis da Constituição e da Lei Orgânica do Município. Ficou bem claro agora em que situações o Vereador pode ou não pode acumular cargos e salários. Como você afirmou, o povo tem todo o direito de perguntar e pedir explicações sobre este assunto e tantos outros que são e ainda serão questionados aqui e na Comunidade.



 Para um bom entendimento entre o Povo e a Administração Pública, o próximo passo será, o Povo acompanhar as ações dos Vereadores para verificar se eles estão se comportando nas formas da Lei, e os Vereadores, por sua vez, cumprirem seus deveres de fiscalizar, se as ações do Executivo estão também nas formas da Lei. Esperamos contar com sua ajuda nestes questionamentos, que aliás, tem sido sempre oportuna. Acredito que  o povo vai entender, pode até não concordar, mas vai aceitar e respeitar o que estiver na Lei.Ione, editora do Blog.

sábado, 20 de outubro de 2012

SOM AUTOMOTIVO NA PRAÇA



São Vicente
____________________________________________________
PROTESTO JOVEM
Eu discordo plenamente com esse anônimo que disse que SV parabeniza a PM , esse anônimo está parabenizando por si só , como essas pessoas que ficam reclamando de som na praça, morreram e esqueceram de cair, acham que todos tem que fazer o mesmo . Essas pessoas estão pensando só nelas e, provavelmente, não devem ter jovens em casa , eles talvez nunca foram jovens .Aqui em SV, durante a semana, pode andar pelado pelas ruas, a noite que não tem ninguém , é uma calmaria só , aí chega no final de semana não pode ter um som na praça ? Ahhh, me ajuda aí, né , deixa essa idiotice de lado , som automotivo tem e terá em qualquer lugar . Como que fica os jovens , as pessoas que gostam de sair a noite, tem que morrer mais cedo também ? Será que uma vez na semana incomoda tanto assim ? Pq geralmente o movimento maior é no sábado , e no domingo, o movimento termina mais cedo .Não seria melhor que os nossos jovens ficassem por aqui aos nossos olhos ? Proibindo tudo aqui eles irão pra onde tenha , e lugar não falta .
Com relação a PM , eles aqui estão preocupados com duas coisas só , som de carro e parar comércio mais cedo pra eles dormirem mais cedo , a PM aqui deve cansar de ficar sem fazer nada pois, como disse , durante a semana é uma calmaria só , ninguém não pode abrir o porta-malas de um veículo que eles já vem zangados , é a palavra é essa mesmo , porquê educação, passa longe com esses PM's, aqui não sabem o que é isso .Espero contar com o nosso novo prefeito que também é jovem , se não do jeito que está indo SV morre mesmo , ficando aqui só os velhos , ou será que eles não precisam de nós também . Publica meu comentário aí viu D'Ione , obrigado . E acredito que a senhora é uma pessoa atualizada também concorda comigo .João 16/10/2012  12:08:00

RESPOSTAS:
Questão de esclarecimentos. Quanto ao serviço da PM no município: não generalize pois há quem trabalhe corretamente e é muito bem educado. Não é visto em farras, nem em mesas de bares embriagado e não discrimina ninguém:se a aplicação da lei é necessária, esta é para todos(ricos... pobres... bonitos... feios...)Analise bem antes de criticar.Obrigada. em PROTESTO JOVEM - Eliana Teixeira - às 14:40

Cumpre-me aqui, esclarecer que quanto à PM do Município, as críticas não deveriam ser generalizadas pois temos PMs que trabalham honestamente, não discriminam ninguém, não persegue ninguém, não tem vícios e nem fica em mesas de bares bebendo porque preza por seu trabalho que é de proteger vocês. Ah! E também, em seus plantões fazem ronda por toda a noite. Dê nomes ao falar.Em toda regra existem exceções. Anônimo em PROTESTO JOVEM



Carro de Som Automotivo
______________________________________________________
RESPOSTA AO JOÃO
Oi João, publiquei seu comentário na página principal porque considero o assunto "SOM AUTOMOTIVO NA PRAÇA" de interesse de toda a Comunidade.O assunto já foi comentado neste Blog e infelizmente até hoje não houve solução que agradasse aos jovens e adultos. Concordo com você, que os Jovens precisam de diversão, e se a diversão da moda é o Som Automotivo, que incomoda as pessoas adultas, não podemos negar isso, temos que procurar uma solução que agrade aos dois lados.

 Como acontece em outras cidades, existe um espaço especial para os Jovens curtirem o Som Automotivo sem incomodar as pessoas que querem dormir. Trata-se de um espaço longe das residencias, ou seja, é impossível curtir um Som Automotivo na Praça Central de uma Comunidade. Os jovens precisam cobrar este espaço da Administração Pública, que deveria promover o Lazer para os Jovens e zelar pela Segurança das pessoas.

Assim como eu concordo com suas reclamações de falta de Lazer para os Jovens, concordo também com as respostas ao seu comentário, do Anônimo e da Eliana. A PMMG de Baldim tem feito um bom trabalho e deveria ser respeitada por isso, por estar representando o cumprimento da Lei da Ordem e do Silencio e cuidando da Segurança Pública.


Vocês, Jovens, deveriam se unir, procurar a Administração Pública, através da Câmara Municipal e reclamarem seus direitos de Lazer, um espaço adequado pra curtir o Som Automotivo, com Segurança. Enquanto isso, procurem cumprir seus deveres de cidadão, respeitem as autoridades constituídas e ajam como adultos, para serem respeitados como Jovens.

O Blog de Baldim está à disposição de vocês para divulgar suas ações e resolver este problema, pois como já declarei aqui, eu também curto um Som Automotivo, apesar da minha idade, mas só o faria com a Segurança que só a PMMG de Baldim pode nos dar e em local adequado para este tipo de evento.
Ione Torres 22/10/2012 16:28:00 - Ione, editora do Blog.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

GILMAR CASTILHO - SALÁRIOS







SALÁRIOS
As Leis Orgânicas dos Municípios determinam que os aumentos dos salários dos Vereadores e prefeito podem ser alterados ao final da legislatura, para que passem a valer no mandato seguinte. Mas a Constituição Federal também determina que estes aumentos não podem ser superiores às perdas inflacionárias verificadas. Também há um vínculo máximo de valores relacionado aos salários de deputados estaduais e proporcional ao número de habitantes do município.

De acordo com o Tribunal de Contas do Estado (TCE), todos os presidentes de Câmaras Municipais (inclusive Baldim) receberam determinação para que todo e qualquer aumento de salários ocorresse somente até o dia 7 de outubro. Este aumento deveria ter ocorrido antes do início do período eleitoral. Em Belo Horizonte, o aumento votado pelos vereadores de 62% foi vetado pelo Prefeito e a Câmara confirmou o veto posteriormente. Portanto, qualquer aprovação de lei nesse sentido até o final do ano é irregular.

Consultando o site www.transparencia.mg.gov.br verifica-se que o salário da Secretária da SEPLAG, Renata Vilhena, é de R$ 10.000,00 (salário bruto) e o do Governador Anastasia está em R$ 10.500,00 (salário bruto).   Será que o prefeito de Baldim deve ganhar mais que um Secretário de Estado ou o Governador de Minas? Esta é a grande pergunta.
Comenta-se que, após a derrota nas urnas, a tendência é de que o Prefeito deverá vetar somente o aumento para o chefe do executivo, mantendo o valor dos nobres edis. Se os vereadores quiserem, podem derrubar o veto e manter o valor original da proposta. Gostaria de saber se o aumento do salário do Prefeito seria vetado, caso o atual dirigente do executivo tivesse sido reeleito. Gostaria, também, de saber se houve um estudo das perdas salariais que justifiquem quase 90% de aumento nos salários dos Vereadores, conforme determina a Constituição Federal. por Gilmar Castilho

CEMIG NAS ESCOLAS


Professor Marcio Reis e sua turma de alunos
___________________________________________________
PROJETO AQUECEDOR SOLAR DE BAIXO CUSTO
Ao participar do Curso de Eficiência Elétrica, Cemig nas Escolas, promovido pela Cemig/PROCEL, o prof. Marcio Reis, que havia dado inicio com seus alunos do 3º ano do EJA, da EE José Ribeiro da Silva (Baldim) ao Projeto Aquecedor Solar de Baixo Custo, o qual se propõe em montar um Aquecedor Solar utilizando placa modular de PVC, por meio de uma tecnologia disponibilizada pela Sociedade do Sol, inscreveu este projeto para um concurso estadual. A ideia é desenvolver um Aquecedor Solar que tenha a mesma eficiência daqueles vendidos comercialmente, porém com um custo significativamente baixo e que esteja ao alcance da população de baixa renda, viabilizando o acesso a esta tecnologia e a inclusão desta camada social ao uso inteligente e eficiente da energia elétrica, visando baixar em aproximadamente 30 % as despesas com energia elétrica. Paralelamente a Cemig já vinha oferecendo a troca de lâmpadas, geladeira e chuveiros (para população de baixa renda) através do Projeto Conviver e que tem como objetivo conscientizar a população sobre como utilizar a energia de forma eficiente. Acredita-se que o Aquecedor Solar a ser montado na Escola tenha um custo aproximado de 500 a 800 reais e que serão feitas algumas parcerias para disponibilizar à comunidade logo que for analisado pelos técnicos da CEMIG. Também o Projeto está concorrendo a nível estadual com concurso da Cemig sobre Projetos de Eficiência Energética que acontecerá em fevereiro de 2013.
Marcinho Reis. 


Alunos da EE José Ribeiro
___________________________________________________
ALUNOS TRABALHAM NO PROJETO AQUECEDOR SOLAR


Projeto desenvolvido na Escola José Ribeiro desperta um olhar social da CEMIG.






Já tendo desenvolvido nos idos de 2006/2008 na EE José Ribeiro da Silva um projeto inovador que foi o Laboratório Vivo, que buscava reativar um laboratório da Escola, que se encontrava há 19 anos desativado, o prof. Marcio Reis e seus alunos realizaram inúmeras tarefas como bingo, rifas, sorteios, campanhas de captação de materiais, equipamentos para o laboratório,  com isso se conseguiu 50 banquetas de ferro novas, 8 mesas de granito com estantes, também em granito, microscópio, ventiladores,  e entregar a comunidade e escolas um laboratório todo restruturado.

Agora em 2012, retomando suas atividades na Escola, o prof. Marcio Reis escolhe uma de suas turmas para desenvolver o Projeto Aquecedor Solar de Baixo Custo. O projeto teve como objetivo levar os alunos a se mobilizarem para construírem um equipamento que viesse a oferecer comodidade, eficiência energética de baixo custo. Assim, que se possibilitasse abrir uma oportunidade para que famílias de baixo poder aquisitivo pudesse ter o seu Aquecedor Solar em suas casas a um preço acessível. e desta forma também contribuísse para reduzir significativamente os gastos com energia elétrica. Iniciada em agosto e concluído agora em outubro, o aquecedor solar se mostrou eficiente com a produção de água na temperatura de 45ºC, sendo que em um banho comum a temperatura média é de 37ºC. 
Em virtude da participação do "Programa Cemig nas Escolas", o Prof. Marcio Reis, espera apresentar seu projeto como um possível concorrente ao concurso da Cemig que pretende selecionar aqueles que apresentem uma significativa eficiência energética, e que acontecerá em fevereiro de 2013. 
O custo aproximando do aquecedor feito a partir de placa modular de PVC é de aproximadamente 500 a 800 reais, preço bem abaixo dos modelos comercializados. 

Marcinho Reis


(clique na foto pra ampliar)


quinta-feira, 18 de outubro de 2012

UNIÃO TEXTIL DE SÃO VICENTE



Luiz Diniz na 26ª SUPERMINAS
___________________________________________________
FEIRA DE SUPERMERCADOS DE MINAS GERAIS
A UNIÃO TÊXTIL DE SÃO VICENTE ESTÁ COM STAND NA
 26ª SUPERMINAS, FEIRA DE SUPERMERCADOS DE MINAS GERAIS.
PERÍODO DE 16 A 18/10/2012
HORÁRIO: 15:00 ÀS 22:00 HORAS
LOCAL: EXPOMINAS/ BH. 

O DIRETOR ADMINISTRATIVO LUIZ DINIZ GONÇALVES, A FUNCIONÁRIA PATRÍCIA MACEDO E A EQUIPE COMERCIAL FORMADA POR MARCOS OLIVEIRA, JOSÉ MAURÍCIO E EDSON TERÃO GRANDE PRAZER EM RECEBÊ-LOS.

A UNIÃO TÊXTIL OFERECE AO MERCADO OS MELHORES PRODUTOS NOS SEGUIMENTOS: PANO DE CHÃO, PANOS DE PRATOS, FLANELAS E PAPEL TOALHA INTERFOLHADO.


UNITEX na SUPERMINAS
_________________________________________________ 

PROPAGANDA 0800
http://sphotos-g.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-ash3/553507_393552270717040_1852115628_n.jpg
http://sphotos-a.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-prn1/65556_393551544050446_117502324_n.jpg

CONTATOS:
(31) 3718-5166     
E-MAIL: unitex@terra.com.br
LUIZ DINIZ

POLÍTICA e política


Vista de Baldim
____________________________________________________
POLÍTICA e política?

 A grande Lei é a de União e Amor. Tudo que possa dividir os homens deve ser desprezado. Quando preconizamos a união, entenda-se sempre que é a união para o BEM, e nunca para o mal. A união faz sempre a força de modo que, sendo para o mal é uma calamidade, uma verdadeira desgraça. A lei de união para o BEM é tão imperiosa e deve ser considerada tão importante, que determine a rejeição de coisas aparentemente mais santas, quando conduzem à desunião.

A política, por exemplo, tomada no seu sentido legitimo, que é a boa administração dos povos, só deve ser exercitada pelos homens sinceros quando não traga a desunião, não resvale para o plano inclinado das paixões incontidas.Caso contrário, deverá ser evitada, porquanto a Lei das leis, a Lei por excelência é a Lei do amor, o que quer dizer: -A Lei de  União para o BEM. A política, mesquinha com costuma ser, entre os povos não civilazados, divide geralmente os homens; mas a política bem entendida, desapaixonada, a política sã, superior, esta aproximando os homens e cada vez mais os une. Está é antes um bem do que  um mal. É uma virtude. Não um vício.


Assim é preciso distinguir entre POLÍTICA e política.Uma é POLÍTICA alta, do AMOR, da UNIÃO, da solidariedade.Outra é da política pequenina das paixões partidárias, sempre inconveniente, pelas divisões que produz. Todos cidadãos, tem direito e, mais do que o direito, tem o dever de votar. Mas só deverá fazê-lo em candidato que ame com sinceridade o bem público, o que só acontece quando esteja acima das paixões e ambições pequeninas do momento.Esse é o critério justo da política do espirita sincero, sem desunião e sem paixão, colocando no plano das realizações tão somente o bem público, o interesse geral.

A união de todos fará um Baldim melhor.


Jose Cesar Ferreira
josecesarferreira@hotmail.com

COMENTÁRIOS NO FACEBOOK



Zito, ex-Diretor da Escola Estadual de São Vicente
___________________________________________________
ESCOLHA SEU CANDIDATO
BOA NOITE, AMIGOS DO FACE, HOJE DEPOIS DE TODO O PROCESSO ELEITORAL, VENHO AQUI, PARA RELATAR, DESCREVER E PRINCIPALMENTE AGRADECER A ATENÇÃO DE MUITOS DE VOCÊS. NO DIA 24 DE SETEMBRO EU POSTEI, NO GRUPO "TUDO QUE ROLA EM BALDIM" UM TEXTO QUE ERA UMA RESPOSTA A UM PROBLEMA DAS GRANDES CIDADES QUE ENVOLVIA A CIDADE DE BALDIM E SARZEDO, QUE AS MESMAS TINHAM O MESMO TEMPO DE EMANCIPAÇÃO. ESTE TEXTO FOI PUBLICADO PELO ESTADO DE MINAS E NOSSA BALDINENSE Izinha Souza, FOI QUEM POSTOU. EU HUMILDEMENTE DECLAREI:
  Sinceramente, quando Baldim sumir do mapa com certeza apontarão os políticos, eu aponto o povo, pois é o povo que vota, que briga e vota como seus avós. Partido A e B, 25 ou 15, é uma panelinha que da nojo, é de uma hipocrisia que me remete a uma coceira. mas o que mais me enoja é ver que o povo reclama, reclama, reclama... quebra carro, ataca o vizinho, e por vezes até os amigos, em defesa de uma merda, digo MERDA em maiúsculo, porque política e políticos não passa disso, bosta fedida, O QUE ME FAZ RIR É QUE DE 4 EM 4 ANOS TEMOS O PODER DA MUDANÇA... E SÓ VEMOS A CRÍTICAS, QUE PARTIDO TAL FEZ ISSO, E QUE NO TEMPO DE FULANO ERA ASSIM, POIS BEM... O QUE CABE A CADA UM DE NÓS TENTARMOS FAZER A DIFERENÇA.
 BALDIM me remete a Brasil, ao Lula nosso ex presidente... por vezes foi criticado, foi como escrever... é simples olhe para o Brasil de hj para o Brasil de anos atras. A mudança só aconteceu quando o povo cansou, então gente facebooqueiros, parem de falar, lastimar e balança a bandeira da ficha limpa, do passado honesto, do passado de quem passou váaaaaaaarias vezes pela prefeitura e o que ele fez, digo, o que eles fizeram. Um candidato já foi 5 vezes prefeito, e o que ele fez, e o outro prova viva de que não da valor ao povo, só vai na cidade na época da eleição, e por ai vai ... né se eu for descrever o que foi feito desde a época em que emanciparam Baldim, sinceramente, só vou contar causos.
 ESCOLHA SEU CANDIDATO, COM PASSADO LIMPO E HONESTO...VOCÊ CONHECE ALGUM ASSIM...VOTE NELE ELE EXISTE É INTEGRO, SIMPLES E FILHO DA TERRA, NÃO FAZ PARTE DA PANELINHA, TALVEZ POR ISSO NÃO VENÇA, NÃO TEM RRAAAAABO PRESO COM  NINGUÉM, MAS ENFIM, PARE DE RECLAMAR E PENSE, MAS PENSE MUITO PRA NÃO CALAR-SE DIANTE DE SEUS PRÓPRIOS ATOS.
TENHO DITO. APÓS ESTE TEXTO, VÁRIOS COMENTARAM E MUITOS CURTIRAM. APÓS O TÉRMINO DA CONTAGEM DOS VOTOS, EM QUE FOI DECLARADA A VITÓRIA DE João Antônio Antônio "ZITO". Fulvia Cavalcante, 8 de Outubro às 20:46  (transferido do Facebook para o Blog com autorização de Fulvia Cavalcante)  


Zito, Prefeito eleito e amigos
_______________________________________
PARABÉNS E AGRADECIMENTOS
Eu Fulvia Cavalcante, venho agradecer a quem leu, a quem curtiu, a quem comentou, meus dizeres, ou melhor, meu desabafo. Agradeço em nome de muitos que amam essa terra. Seja de Baldim, seja de São Vicente, seja de Mucambo, Botafogo...o que importa, é que o povo, a nossa humilde comunidade, tirou a venda dos olhos, e hoje faz jus ao direito de todo cidadão, O VOTO. É ele que determina o futuro, de seus filhos e netos, sua descendência. Hoje, venho na verdade, Parabenizar e Desejar, acima de tudo, muita sorte ao nosso Prefeito João Antônio "Zito", sucesso nesta nova jornada, que será árdua, cheia de comentários maliciosos (isso você tira de letra rs), comparações por todos os lados, você cometerá erros, pois é humano. Haverá momentos em que ficará com os nervos aos extremos porque você é perfeccionista (isso é um fato). Mas a verdade é que se você chegou até aqui, é porque é capaz e essa capacidade você mostrou em tudo que coloca a mão (vira ouro). E é nessa capacidade que o povo aposta, o povo a nossa humilde sociedade acredita. Tenha fé, e dará tudo certo, e te peço, não faça seu governo para quatro anos, vislumbre oito, porque não? Porque para tirar o atraso de trinta e seis anos, será necessário muito trabalho, empenho e união.
E ISSO VOCÊS SÃO VICENTINOS FAZEM MUITO BEM. ABRAÇOS E FELICIDADES.HUMILDEMENTE. AMANTE DE BALDIM, Fúlvia Cavalcante, Texto para Ana Cristina, Felipe Figueiredo Reis, Juliana Barbosa, Juliana Zamboni, Katiane Costa Azevedo, Joaquim Rosa, Priscila Bastos, e todos que curtiram os outros posts. Meu muito Obrigada. (transferido do Facebook para o Blog com autorização de Fulvia Cavalcante)



Anônimo 19/10/2012  08:55:00
Fulvia,é muito triste que o prefeito eleito, que é uma pessoa inteligente, querida por todos, além de ser um conceituado educador, fique sabendo que temos, no município, alguém que pense como você. Estude, leia e pesquise, antes de "rotular" os administradores que passaram pela Prefeitura de Baldim (é claro que todos fizeram coisas importantes para a cidade, embora você as desconheça), caso contrário, o nosso futuro prefeito, seguindo as suas informações de que "só podem ser contados causos sobre os mesmos", terá que reconstruir: rede de água, rede de esgoto, fazer rede de energia elétrica, construir escolas, estradas, incluindo pontes, abrir ruas e calçá-las, construir postos de saúde, instalar telefones, etc.... Perderá muito tempo com tudo isto, muitos anos, com certeza. Faz muito bem para o ser humano, a leitura e o estudo, pois abrem a sua mente, para que possa enxergar claramente o mundo, como ele realmente é. Felicidades!



Fulvia Cavalcante 22/10/2012  10:58:00
RESPOSTA DA FULVIA CAVALCANTE:
Sugiro que leia o texto em que foi citado no grupo do Facebook, TUDO QUE ROLA EM BALDIM. Minha manifestação foi relatada através de uma comparação entre duas cidades que tem a mesma idade. Em que uma desenvolveu a olhos vistos, já a outra regrediu.
Imagino que você esteja satisfeito com estas realizações que é de obrigação do gestor. "terá que reconstruir: rede de água, rede de esgoto, fazer rede de energia elétrica, construir escolas, estradas, incluindo pontes, abrir ruas e calçá-las, construir postos de saúde, instalar telefones, etc... 
Percebo que você acha muito o que foi feito nos últimos 36 anos. QUE BOM!!!! Que pelo menos alguém esteja feliz com migalhas. CREIO QUE VOCÊ SEJA DA ERA DO PÃO E CIRCO.








terça-feira, 16 de outubro de 2012

IBRAPP


Michele Reis
___________________________________________
VISITAS DO PROJETO IBRAPP
As equipes técnicas do IBRAPP deram inicio as visitas nos empreendimentos em 75 municípios de Minas Gerais, referentes ao Projeto “Inclusão Produtiva”, neste mês de Agosto. Durante os 30 meses de duração do Projeto “Inclusão Produtiva”, os NIP’s irão assessorar e mapear cerca de 13.500 empreendimentos, individuais, coletivos e familiares. A meta é identificar e mapear 500 empreendimentos até dezembro de 2012.
Saiba mais: http://www.ibrapp.com/noticia/equipe-do-ibrapp-inicia-mapeamento-dos-investimentos-em-75-municipios-de-mg

COMENTÁRIOS E RESPOSTAS


Prefeito eleito Zito em recente reunião na Câmara
___________________________________________________
COMENTÁRIOS - RESPOSTAS
Anônimo19/10/2012 11:02:00
Nós eleitores do PT em Baldim, ficamos felizes com o resultados das eleições,porque queríamos caras novas na Prefeitura, mas infelizmente já estamos nos decepcionando com boatos de nomes que assumirão as secretarias junto com o Prefeito Eleito, pois os nomes dados são todos DO PMDB doentes, inclusive parentes de candidatos a cargos do lado do PMDB. Queremos mudança, chega de PMDB na Prefeitura. Será que o Prefeito atual não tem ninguem de competencia do PT para assumir os cargos de confiança?

Ione Torres 20/10/2012  03:05:00
Oi Anônimo,desculpe, mas não estou respondendo pelo Prefeito eleito, apenas não resisti a tentação de lhe dizer que eu também sou eleitora do PT, e que foi justamente o critério que ele usou pra formar seu secretariado, que me levou a acreditar que ele é o cara que fará as mudanças.
A mudança proposta por ele é governar com competência e democracia, sem partidarismos, sem nepotismos, sem favoritismos, sem preconceitos. Os governantes anteriores a ele sempre fizeram e fazem tudo isso ao contrário, há tantas gerações e o resultado é essa "politicagem" de dois lados que está aí.
Acredito que ainda é cedo pra se decepcionar com o que você mesmo chama de "boatos", aguarde mais um pouco, acompanhe de perto, faça suas críticas construtivas, mas dê a ele mais um voto, o da confiança, pois ele já o fez por merecer quando foi eleito pelo povo.
Estamos ansiosos por mudanças na Política, mas elas não virão só com caras novas na Prefeitura. O que não quer dizer que o PT não tenha ninguém competente para isso, ou que só o PT deveria ocupar todos os cargos, será uma escolha por méritos, sem partidarismos, a pretensão é acabar com os dois lados que só disputam o poder, democracia só tem um lado, o lado do povo. 
Um Prefeito não governa sozinho, ele precisa de pessoas da confiança dele, que buscam os mesmos resultados, portanto cada um terá que fazer sua parte para que tudo aconteça. As mudanças não vão cair do céu, elas vão ser resultado de um trabalho com muita competência e dedicação.
Obrigada por participar deste Blog, e mais um vez, desculpe a intromissão no assunto. (Ione, editora do Blog) 

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

GILMAR CASTILHO - ELEIÇÕES EM BALDIM


Baldim
______________________________________________________
ELEIÇÕES EM BALDIM, SOB UM PRISMA TEATRAL
Aproveitando que estou pensando em retornar ao mundo do teatro como escritor de peças do dia a dia urbano, farei um pequeno ensaio do que um singelo e frágil município do extremo norte da Região Metropolitana de BH passou nos últimos meses. Para ficar mais fácil o entendimento, estou dividindo esta peça em atos. Apesar de todos os meus esforços, não consegui definir qual o gênero teatral em que mais se enquadra o acontecido: talvez seja um drama ou um policial, com momentos de comédia salpicados de humor negro, ou mesmo uma ópera. Mas a retidão dos padrões da moral universal foi ditada pelo povo e o bem prevaleceu ao final. Para o futuro esta narrativa servirá de testemunho para os historiadores. Então, vejamos como seria o roteiro dessa peça:

Afonso Starling, 1º Prefeito de Baldim
___________________________________________
PRÓLOGO: Cenário do interior
Por um longo período, cuja duração perdura por cerca de 63 anos – desde a emancipação política do município em 1949 -, Baldim insistia na alternância impiedosa de duas correntes políticas conservadoras. De um lado, a antiga UDN deu lugar à ARENA dos militares, ao PDS da pós-ditadura militar, PFL da virada do século, culminando no DEMOCRATAS da atualidade. Alguns partidos coadjuvantes participaram do apoio a esse grupo. Do outro lado, formando fileiras de resistência, o antigo PSD do início da vida política de Baldim se transformara no MDB, oposição “moderada” e quase imperceptível ao militares da ditadura de 1964, origem do atual PMDB. De ambas as partes, bons e maus políticos estiveram no comando do executivo, ditando os rumos de Baldim. Não há como esconder que, a cada mandato, mais ranços políticos e pessoais surgiram nos meandros da vida pública baldinense, em que quase todos lutaram em busca de interesses pessoais e de grupos, relegando a população a um segundo plano. Ninguém tinha forças para reagir e fazer surgir uma terceira via que quebrasse a hegemonia das duas forças conservadoras.


Figura ilustrativa
________________________________________________
PRIMEIRO ATO: Duelo de gigantes
O ano de 2012 chega com uma grande expectativa para a população em relação à briga política que estava ainda no rascunho, mas que já prenunciava um grande confronto entre as forças conservadoras do município. Desta vez, havia um novo ingrediente que prometia colocar mais fogo na fogueira: a Lei da Ficha Limpa era uma ameaça a um dos lados, mais precisamente a do político que iria tentar a reeleição. Mas com a habilidade do grupo de advogados contratados pelo atual prefeito, as filigranas jurídicas foram indicando que a Justiça Eleitoral nada poderia fazer e, dessa forma, ficou institucionalizada a candidatura do nome mais forte do PMDB, com o apoio de outros partidos, gerando o que, no futuro passou a ser conhecido popularmente apenas pelo numeral 15. Outro nome forte foi indicado pela oposição, o líder do DEMOCRATAS - prefeito por 5 mandatos - e se aliou a um grupo representado por um político que estava em ascensão há dois pleitos eleitorais, compondo ainda com mais outros partidos menores. Assim, era constituída a coligação que o povo passou a chamar de 25. Estavam montados os principais gladiadores da contenda de 7 de outubro: 15 x 25.

SEGUNDO ATO: Guerra 
Assim, como o juiz apita o início de uma partida de futebol, o mês de julho começou com os combatentes se estudando para uma ofensiva maior. Armados de santinhos, faixas, foguetes e jingles, os grandes competidores começaram a mostrar as “manguinhas” e partiram para o ataque. A bebida alcoólica era o combustível daquele pessoal. Meia centena de rapazes e moças de um lado, mais outro tanto de pessoas de outro encarnaram os espíritos dos mais ferrenhos guerreiros da história e partiram para os campos de guerra. O 15 com camisas vermelhas e um coração no peito era o mensageiro de que derramariam sangue, mas não iriam temer qualquer adversário. Já o 25, nas cores azul e verde, representando as árvores estilizadas que simbolizam o partido, não deixavam por menos. Os interesses da população foram deixados de lado e apenas interessava humilhar o lado contrário e tomar o campo de guerra ocupado pelos desafetos. Os veículos de som não paravam de circular com intrépidos decibéis que feriam os ouvidos das pessoas de bem. O terror se espalhou entre os moradores do município e a cada grito de guerra proferido pelos grupos, a cada foguete estourado e a cada carro de som que passava eram motivos para que os mais prudentes se afastassem e até preces foram feitas no sentido de aplacar a ira daqueles guerreiros do 15 e do 25.

TERCEIRO ATO: A Batalha Final
Foram dois meses e meio de combates políticos tendo como palco São Vicente, Vila Amanda e Vargem Grande, além dos diversos povoados e comunidades do município. Houve momentos em que se temia pelo pior com a possibilidade de vítimas fatais, pois eram pedradas, garrafadas, foguetes e muita pancadaria.
E o povo? Sempre desrespeitado pelas duas turmas, que davam inveja às torcidas Galoucura e Máfia Azul, do Atlético e do Cruzeiro, respectivamente. E o pior, duas mulheres eram as líderes dos grupos, incitando a violência entre eles. O palco estava armado para a batalha final: na Praça Emílio de Vasconcelos, no Centro de Baldim, aconteceria o grande embate, bem às vésperas das eleições. Entrincheirados, o 15 na Pastelaria do Ivan e o 25 no Bar do Toninho, com pouco mais de 10 metros de asfalto separando os “pelotões”, as provocações começaram no início da tarde. O povo previa: “vai acabar com morte”. Depois de muita cerveja e insultos, os vermelhos e brancos se engalfinharam com os azuis e verdes. Novamente, pedradas, garrafadas, foguetes para todos os lados, mastros de bandeiras, socos, rabos de arraia e todo o tipo de baixaria. O comércio da região central fechou as portas, as mães recolheram seus filhos e se resguardaram em suas residências.Meia hora de pancadaria e a Polícia Militar chega ao local, com a viatura descendo pela contramão com a sirene ligada, em uma ação cinematográfica. Policiais surgem armados com escopetas, revólveres e spray de pimenta. Correria para todos os lados. Alguns militantes do 15 e do 25, bastante embriagados enfrentavam a polícia. Resultado: prisões, incluindo a do chefe do executivo baldinense, com direito a algemas, chutes, socos e cassetetadas.  





EPÍLOGO: O Julgamento popular
Apesar da disputa sempre ficar praticamente restrita aos dois figurões representados pelo 15 e pelo 25, dois outros competidores estavam no páreo, um representante do PT (13) e outro do PPS (23). Alheios ao que estava ocorrendo com os grandes, o 13 e o 23 procuravam fazer uma campanha mais acanhada em termos de investimentos financeiros.
Seguindo a velha máxima de que mineiro gosta de “um dedo de prosa ao pé do ouvido”, o candidato do 13 mostrava que era um representante do povo, assim como os companheiros Lula e Dilma, e às vezes de chinelo de borracha, passou a visitar os eleitores em suas residências. Não tinha foguetório e muito menos Fundo de Quintal em suas andanças, mas tinha a humildade e a serenidade de expor a todos, sem preconceitos e sem vícios políticos, a sua plataforma de governo. E mais: passou a convocar o povo a participar diretamente nas decisões sobre quais seriam os rumos e obras a serem executadas pela Prefeitura de Baldim, caso fosse eleito.
Chegou o dia 7 de outubro. Apesar de o povo temer que ainda houvesse mais violência em confrontos entre os grandes, o pleito eleitoral decorreu com tranquilidade. Em menos de uma hora após o fechamento das urnas, surge o veredito do povo: venceu a humildade e o respeito às pessoas. Estava eleito Zito, o “cavaleiro” andante que leva em sua bagagem a dignidade e responsabilidade de quem sabe o que quer. Havia chegado a hora de o Partido dos Trabalhadores assumir a posição de comando do município de Baldim para os próximos quatro anos. Quebrou-se a hegemonia de mais de seis décadas. (Gilmar Castilho em 10/10/2012)





Zito, Prefeito eleito, na carreata da vitória
_________________________________________
COMENTÁRIOS
Ione Torres 17/10/2012 00:45:00
Gilmar Castilho, obrigada por amenizar a narrativa de um fato real, tão lamentável, ocorrido na Praça Central de nossa cidade. O que seria uma página negra na história política da nossa terra, ser transformada em uma página literária, deve-se ao seu talento de contar histórias. Já que estamos aqui pra contar a história da nossa terra e da nossa gente e nem tudo é tão doce como gostaríamos que fosse, este fato não poderia mesmo ser omitido sem comentários. Portanto, esperamos que esta peça, apesar de todo o seu talento de escritor, nunca seja encenada, mas certamente ela servirá de lição para todos que participaram destas cenas lamentáveis. Aos que assistiram a encenação real desta peça, também vão guardar a lembrança destas imagens, uma lição viva do que não é politicamente correto de ser feito.Ione, editora do Blog

INFORMÁTICA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS



INFORMÁTICA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS
__________________________________________________
 A Comunidade de Vila Amanda recebe Laboratório de Informática e nova Biblioteca. 
As escolas municipais receberam de 2009 a 2012, 81 computadores, 6 notebooks, 8 impressoras/copiadoras que visam assegurar aos alunos o acesso digital. 
EM São Bernardo de Baldim: 17 computadores, 02 impressoras, 01 notebook e 01 projetor com computador incorporado, além de outros 10 computadores e O1 impressora, já existente, totalizando um laboratório com 27 computadores.
EM Nelson Riberio, de São Vicente: 19 computadores, 01 notebook, 02 impressoras, 01 notebook e 01 projetor com computador incorporado.
EM Emerenciana A. Xavier:  Vila Amanda:  19 computadores, 02 impressoras, 01 notebook e 01 projetor com computador incorporado.
EM Mucambo: 5 computadores, uma impressora e copiadora.
EM Sumidouro:  5 computadores, uma impressora e copiadora.
EM Botafogo: 5 computadores, duas impressoras e copiadora.
EM Vargem Grande: 5 computadores, uma impressora e copiadora.
Centro de Referência Psicopedagógico:  4 computadores, 02 impressoras e copiadora.


por Prefeitura
16/10/2012 23:26




Escolas Reunidas "Oscar Artur Guimarães, 
hoje, 
Escola Municipal Nelson Ribeiro
___________________________________________________
D. ISABEL MARQUES
Foi na Escolas Reunidas, "Oscar Artur Guimarães" , em São Vicente, que eu fiz o meu Curso Primário. A mais remota lembrança que eu tenho da minha infância, aos 7 anos,  é da minha Professora, de primeiro ano, a querida D. Isabel Marques. Isabel Marques era  de Jaboticatubas, ela morava na Rua da Grota, na casa de D. Maria Cadete, mãe da Nunuca. Ela era linda, muito branquinha, gordinha, cabeços ralos e curtos, pernas grossas, sempre de saia justa e sapatos de salto alto. Ela tinha um sorriso lindo, os dentes grandes e separadinhos,  bochechas coradas e covinhas, e sempre de batom vermelho. O que mais me encantava nela eram as suas mãos. Os dedos gordinhos, sempre de unhas grandes e pintadas de vermelho, combinando com o batom. Ainda me lembro da sua letra grande e redonda, passando o "Para Casa" ( o P maiúsculo parecia um cogumelo) em nossos cadernos ou num texto pra copiar do quadro. Suas unhas eram tão grandes que o giz, quando pequeno fazia aquele assovio no quadro negro. Ela passava pelas carteiras e pousava suas mãos sobre os cadernos para apontar os erros e  aquele era um momento mágico, quando eu via de pertinho as suas lindas mãos. Hoje, eu ainda sou capaz de imitar a letra de D.Isabel, principalmente as maiúsculas, cheias de curvas. As salas de aula eram de assoalho, de tábuas corridas, cruas, sem cera. Os passos de D.Isabel  eram ouvidos assim que ela entrava na sala pela batida do salto do sapato na madeira. E fazíamos silêncio até que ela chegasse em sua mesa e puxasse a oração antes de começar a aula. Todos sentados, ela abria um grande caderno de capa dura e fazia a "chamada", falando o nome completo de todos os alunos, que deveriam responder "presente". Já no segundo ano, quando estudamos sobre a Abolição da Escravatura, eu imaginava a Princesa Isabel com a cara da minha professora, D. Isabel. Fiquei decepcionada quando vi a foto da Princesa Isabel, mas aliviada, quando percebi que a minha princesa Isabel era muito mais bonita. Minha primeira Professora sempre foi uma Princesa nos meus sonhos. Bons tempos aqueles... (Ione, editora do Blog )  (postagem deste Blog em 26/outubro/ 2009)

domingo, 14 de outubro de 2012

SÃO VICENTE RECLAMA DA ÁGUA DA COPASA

RECLAME AQUI




(sujeira da água - calcário -  petrificado e acumulado no chuveiro)
                            ______________________________________________________
DIRETO DO FACEBOOK
Bom dia! Essas fotos que postei, são horrendas, não é mesmo? EXPLICO. Sabem o que é isso? A resistência do meu chuveiro, o meu chuveiro, a parte interna dele. Isso acontece mensalmente. São PEDRAS, calcário, da água da COPASA de São Vicente, Município de Baldim-MG, isso é no chuveiro. E as pessoas que usam essa água para beber, cozinhar, será que isso não causa danos a saúde? Peço uma resposta a quem puder me responder. Cheguei no meu limite. O prejuizo é mensal. AGUARDO! Postei 4 fotos!!! SOCORRO!!!!Será que é esta água é tolerável ao organismo humano? Rosangela Efigenia Marques Ferreira


( resistência do chuveiro com calcário acumulado em 30 dias de uso)
_______________________________________________________________
PROCEDIMENTO
Adryanne Marques Ferreira, recolha um pouco de água fornecida pela COPASA, em vários pontos diferentes em São Vicente e mande para análise. Conforme o resultado, denuncie ao Ministério Publico, que irá consultar e orientar a empresa quanto aos padrões de potabilidade estabelecidos pela Portaria 518 do Ministério da Saúde. Só assim poderemos garantir uma boa qualidade de água em São Vicente . sexta às 18:12 · Irio José


  Adryanne Marques Ferreira também comentou o status de Rosangela Efigenia Marques Ferreira. Adryanne escreveu: "Ione, bom dia. Ak em casa usamos água mineral pra tomar, fazer café, e pra cozinhar usamos filtrada, mas mesmo assim dá dor de estômago, já fiquei até internada, etc. Minha mãe nunca tinha visto o meu pai trocar a resistência dos chuveiros todo mês e limpá-los. Ontem, como ela estava em casa, ela viu. E então ficou apavorada, pensando nas pessoas que usam essa água pra td e tem crianças em casa. Ela tá possessa, nunca vi mãe assim. Disse que vai chamar a COPASA aqui."  

Oi Adryanne e Rosangela, a minha irmã que mora em Sete Lagoas tinha o mesmo problema, se  não limpar o chuveiro, ele queima em 30 dias de uso. Na cozinha, o problema é mais grave, quando a água ferve a panela escurece e quando seca fica um resíduo branco no fundo e na borda da panela, é o calcário, que com certeza passa para o alimento que foi cozido naquela água. Sem falar da maioria da população que não tem condições de comprar água mineral e bebe dessa água. Acredito que isto acontece em todas as residencias, se a água servida pela COPASA é a mesma para todos. O que é inaceitável é permitir que a população de baixa renda pague e beba essa água calcária, enquanto uma minoria tem condições de comprar  água mineral para  um consumo de uma água mais saudável. 
 E tem mais, a minha irmã colocou na torneira de entrada da água, que vem da rua, um filtro, que reduziu o problema do calcário no chuveiro e nas panelas. O que significa que o problema tem solução ou poderia ser, pelo menos amenizado com o uso deste filtro, no tratamento da água lá na estação da COPASA ou orientar a população para usar um filtro. Vou me informar sobre este filtro e volto a postar aqui. O consumidor tem, no mínimo, o direito de ser informado sobre a qualidade da água que ele compra e bebe, já seria um caso para o PROCOM. Quanto à saúde da população que está ingerindo um alto teor de calcário pela água, já seria um caso de Saúde Pública. Ione Torres
Ocorreu um erro neste gadget