O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.

O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.
ROGERIO DO BODOCÃO FAZ FESTA PARA AS CRIANÇAS DE BALDIM, COM BOLO, PRESENTES E MUITAS BRINCADEIRAS.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

INFORMÁTICA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS



INFORMÁTICA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS
__________________________________________________
 A Comunidade de Vila Amanda recebe Laboratório de Informática e nova Biblioteca. 
As escolas municipais receberam de 2009 a 2012, 81 computadores, 6 notebooks, 8 impressoras/copiadoras que visam assegurar aos alunos o acesso digital. 
EM São Bernardo de Baldim: 17 computadores, 02 impressoras, 01 notebook e 01 projetor com computador incorporado, além de outros 10 computadores e O1 impressora, já existente, totalizando um laboratório com 27 computadores.
EM Nelson Riberio, de São Vicente: 19 computadores, 01 notebook, 02 impressoras, 01 notebook e 01 projetor com computador incorporado.
EM Emerenciana A. Xavier:  Vila Amanda:  19 computadores, 02 impressoras, 01 notebook e 01 projetor com computador incorporado.
EM Mucambo: 5 computadores, uma impressora e copiadora.
EM Sumidouro:  5 computadores, uma impressora e copiadora.
EM Botafogo: 5 computadores, duas impressoras e copiadora.
EM Vargem Grande: 5 computadores, uma impressora e copiadora.
Centro de Referência Psicopedagógico:  4 computadores, 02 impressoras e copiadora.


por Prefeitura
16/10/2012 23:26




Escolas Reunidas "Oscar Artur Guimarães, 
hoje, 
Escola Municipal Nelson Ribeiro
___________________________________________________
D. ISABEL MARQUES
Foi na Escolas Reunidas, "Oscar Artur Guimarães" , em São Vicente, que eu fiz o meu Curso Primário. A mais remota lembrança que eu tenho da minha infância, aos 7 anos,  é da minha Professora, de primeiro ano, a querida D. Isabel Marques. Isabel Marques era  de Jaboticatubas, ela morava na Rua da Grota, na casa de D. Maria Cadete, mãe da Nunuca. Ela era linda, muito branquinha, gordinha, cabeços ralos e curtos, pernas grossas, sempre de saia justa e sapatos de salto alto. Ela tinha um sorriso lindo, os dentes grandes e separadinhos,  bochechas coradas e covinhas, e sempre de batom vermelho. O que mais me encantava nela eram as suas mãos. Os dedos gordinhos, sempre de unhas grandes e pintadas de vermelho, combinando com o batom. Ainda me lembro da sua letra grande e redonda, passando o "Para Casa" ( o P maiúsculo parecia um cogumelo) em nossos cadernos ou num texto pra copiar do quadro. Suas unhas eram tão grandes que o giz, quando pequeno fazia aquele assovio no quadro negro. Ela passava pelas carteiras e pousava suas mãos sobre os cadernos para apontar os erros e  aquele era um momento mágico, quando eu via de pertinho as suas lindas mãos. Hoje, eu ainda sou capaz de imitar a letra de D.Isabel, principalmente as maiúsculas, cheias de curvas. As salas de aula eram de assoalho, de tábuas corridas, cruas, sem cera. Os passos de D.Isabel  eram ouvidos assim que ela entrava na sala pela batida do salto do sapato na madeira. E fazíamos silêncio até que ela chegasse em sua mesa e puxasse a oração antes de começar a aula. Todos sentados, ela abria um grande caderno de capa dura e fazia a "chamada", falando o nome completo de todos os alunos, que deveriam responder "presente". Já no segundo ano, quando estudamos sobre a Abolição da Escravatura, eu imaginava a Princesa Isabel com a cara da minha professora, D. Isabel. Fiquei decepcionada quando vi a foto da Princesa Isabel, mas aliviada, quando percebi que a minha princesa Isabel era muito mais bonita. Minha primeira Professora sempre foi uma Princesa nos meus sonhos. Bons tempos aqueles... (Ione, editora do Blog )  (postagem deste Blog em 26/outubro/ 2009)
Ocorreu um erro neste gadget