O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.

O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.
ROGERIO DO BODOCÃO FAZ FESTA PARA AS CRIANÇAS DE BALDIM, COM BOLO, PRESENTES E MUITAS BRINCADEIRAS.

domingo, 27 de maio de 2012

FRANCISCA DOS SANTOS GONÇALVES


Maria Francisca Gonçalves
_____________________________________________
FRANCISCA, UM EXEMPLO DE VIDA
Francisca dos Santos Gonçalves (*02/04/1946 +21/10/2008) nasceu em Mucambo e ainda bebê, seus pais - Francisco Gonçalves da Silva e Raymunda dos Santos Martins Gonçalves - foram morar em Vila Amanda, distrito de Baldim, onde foi criada juntamente com nove irmãos.
Iniciou o curso ginasial no Colégio São Joaquim em Conceição do Mato Dentro e o concluiu no Colégio Santo Antônio em Curvelo. Fez o Curso Colegial Normal na Escola Estadual de Sete Lagoas. Professora Primária na Escola D. Emerenciana Augusta da Silva Xavier em Vila Amanda e de História na Campanha das Escolas Nacionais Comunitárias (CNEC) em São Vicente. Graduou-se em Sociologia na Faculdade de Divinópolis, quando foi professora de História no Ginásio Polivalente. Foi professora de Sociologia no Instituto de Educação do Estado de Minas Gerais/BH e na Universidade Federal de Ouro Preto / Mariana. Fez mestrado em Educação na Faculdade de Educação da Universidade de Minas Gerais (UFMG),onde foi professora até aposentar-se. Doutorou-se na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). Sua contribuição, nas áreas da Sociologia e da Educação, testemunhada pelas suas pesquisas e projetos educacionais desenvolvidos em várias escolas resultaram em publicações de artigos, livros, filmes,traduções, inúmeras conferências e cursos ministrados em Belo Horizonte, no interior de Minas e em outros Estados e em eventos no exterior.
Francisca, professora e socióloga por natureza, dedicou sua vida para ajudar as pessoas. Sempre acreditou no potencial da educação como uma ação transformadora por meio do conhecimento, do trabalho interdisciplinar e da prática da cidadania. Fez do trabalho coletivo com crianças, adolescentes e adultos estímulo para a autodescoberta de cada um, como ser sujeito de sua própria vida e lutou pela construção de um mundo mais justo e melhor. No fim do milênio foi acometida por um câncer. Sua sabedoria, garra pela vida e amor ao próximo lhe deram energia e coragem para continuar trabalhando pelo bem do próximo, ajudando familiares, amigos e comunidades carentes. Mesmo em tratamento médico, nos seus últimos anos de vida,  irradiava alegria, otimismo e amor ao próximo. Sua última palestra foi para os professores de sua terra natal no dia 26 de maio de 2006 na Escola Municipal São Bernardo, em Baldim.

(por Alda Martins Gonçalves)













Ocorreu um erro neste gadget