O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.

O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.
ROGERIO DO BODOCÃO FAZ FESTA PARA AS CRIANÇAS DE BALDIM, COM BOLO, PRESENTES E MUITAS BRINCADEIRAS.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

FESTA DE SÃO BERNARDO / 2011





Procissão de São Bernardo
Foto por Luizinho Soares
______________________________________________
AS FESTIVIDADES RELIGIOSAS
A Festa de São Bernardo, o padroeiro da cidade de Baldim ou Festa de Agosto, como é conhecida na região, aconteceu do dia 12 a 21 de agosto /2011.  As Missas da Novena de São Bernardo  foram celebradas por vários Padres, alguns párocos anteriores ao Padre Gislei, cada dia um convidado especial. Estiveram presentes nas celebrações o Padre Arnaldo, da Paróquia de São Vicente, Padre Adelino Padre Reinaldo, Padre Mauro, outros padres convidados de São José do Almeida, de Divinópolis, etc. No dia 19, véspera de São Bernardo, aconteceu o tradicional espetáculo pirotécnico, com levantamento da bandeira.Os festeiros de São Bernardo são Delci Brandão e Fróis Salvador. Os cortejos dos reis e rainhas e a procissão das bandeiras dos santos festejados encheram as ruas da cidade ao som da Banda Musical e do Catopé.


Geraldo Bastos e Catarina Bastos Rei e Rainha do Rosário
Foto por Luizinho Soares
__________________________________
AS NOITES DA FESTA
Após a Novena e a Missa das 19:00h, seguia-se o Leilão de Prendas, doadas pelas Associações e Comunidades do município, com o já famoso, Zezinho Romanholo, e suas brincadeiras divertidas. O Leilão de gado, com cerca de 30 bezerros, doados pelos fazendeiros da região, ficou sob a batida do martelo do Fausto e a ajuda preciosa do Chiquinho, Cesar e o Ci. A Barraquinha, com comes e bebes,  dirigidas pelas competentes voluntárias Evangelina, Neusa e Sula e uma turma valente que se revezava todas as noites, no atendimento das Barraquinhas de pastel, churrasquinho, caldo de mandioca, feijão tropeiro, canjica, etc. Os incansáveis e dedicados Padre Gislei  e João Torres no comando geral da festa não mediram esforços na organização.




Barraca da Dorinha
Foto por Ione
________________________________________________
BARRACAS DO PROJETO ARTE NA PRAÇA
A equipe de artesãos do Projeto "Arte na Praça" fez exposição de seus trabalhos nos dias 20, sábado e 21, domingo, de 12:00h ás 17:00h, em frente a Igreja Matriz de São Bernardo. 
Os expositores são: Alceu José Marcelino - ( cachaça e rapadura  ) Alírio Marcelino - ( artesanato em cerâmica) Bárbara Fernandes - ( doces caseiros) Carlinhos - ( instrumentos musicais) Cristiane Nogueira - ( tapeçaria e decoração) Elcimar Batista - ( arranjos florais em EVA) Fabiana e Ana Paula - ( utilidades domésticas, bolsas em tecido e artigos para bebê) -                                                                                                          Zé da Cuia, SV -  (decoração em madeira) Grupo Saber Viver - (crochê, tricô, bordado, pintura em tecido) Isabela Pereira - (bombons) Dorinha Torres - ( bijuterias, bolsas, sacolas) Maria Venâncio - (tapetes e bordados) Mateus Diniz - ( quadros em tapeçaria arraiolo) Miriam Correia - ( bombons, pães caseiros) Nelza Moreira - (artigos infantis ) Nilcilene Teixeira - ( cesta maternidade, bombons, ovos de páscoa, artigos em EVA) Patrícia de Souza - ( arranjos florais, bijuterias) Téo, SV - (artigos em bambu, objetos de decoração e utilitários) Sueli da Silva (temperos, conservas, pimenta, farinha) - Tia Teresa - (doces caseiros e biscoitos) João Pereira - (tapetes).
  O resultado das vendas dos produtos foi bem menor que o esperado. No segundo dia alguns expositores nem abriram suas barracas, talvez devido a concorrência com as antigas barracas de bugigangas, uma tradição na Festa de Agosto. Para melhores resultados da Feira de Artesanato, talvez seja necessário diversificar seus produtos e uma presença constante com datas fixas da Feira na praça da cidade. 



As crianças também participaram do Cortejo do Rosário
_________________________________________________-

OS SHOWS - ATRAÇÕES - PATROCÍNIO 
dia 12 /sexta-feira – CLEITON e FELIPE 
Patrocínio: DOCES GOSTOSO
dia 13 / sábado – JOEL e Banda 
Patrocínio: POUSADA MOENDAS/COMERCIAL BRUMISA
dia 14 / domingo – JUNINHO, ZÉ DE FREITAS e Família 
Patrocínio: 
dia 15 / segunda-feira –  NATÁLIA  BARBOSA 
Patrocínio: FRUTABELLA
dia 16 / terça-feira -                                                         
Patrocínio: 
dia 17 / quarta-feira - CLEITON e FELIPE                                                    
Patrocínio: DOCES FAMOSO            
dia 18 / quinta-feira -                                                        
 Patrocínio:
dia 19 / sexta-feira -                                                          
 Patrocínio:
dia 20 / sábado – GILBERTO e JUNINHO 
Patrocínio:ARNALDO JOSÉ DA SILVA
dia 21 / domingo -  JUNINHO, ZÉ DE FREITAS e família                                                   
Patrocínio:DOCES SARANA         

AGRADECIMENTOS
Nossos agradecimentos a todos que trabalharam na organização e na execução da Festa, impossível citar todos os nomes, desde o menor favor á maior doação, todos tiveram o mesmo merecimento e São Bernardo agradece,  Deus lhes pague.


Boi da Manta - São Vicente
_______________________________________
COMENTÁRIO

Anônimo disse...

Realmente, a Festa de Agosto foi um sucesso, muito bonita, muito organizada, muita gente, muita comida e muita bebida. O faturamento deve ter sido bom, a reforma do Salão Paroquial está garantida e sem problemas financeiros. O povo fez doações, todo o trabalho foi voluntário, tudo por devoção ou para garantir uma boa renda para a Paróquia? Quem vai assumir a culpa da modernidade que chegou para ficar e acabar com a tradição das nossas festas religiosas? Somos a última geração que viu estas mudanças acontecerem. A diversão simples e barata do Boi da Manta, correndo atrás do povo,ao som da Banda de Música local, numa brincadeira ingênua e assustadora, que marcava a infância da garotada  ser transformada em Shows ao vivo, com altos cachês, palcos e barracas alugadas e caríssimos fogos de artifício. E mais, comida, muita comida, doada pelo povo, feita pelo próprio povo, voluntariamente, e vendida ao mesmo povo, tudo em nome de São Bernardo. Se bem me lembro, o Festeiro recebia o povo em sua própria casa, a comida era doada e servida sem adesão. E ainda nem falamos da bebida, muita bebida mesmo, para festejar o fim da nossa tradicional Festa de Agosto e da nossa Cultura Popular.
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                               
Ocorreu um erro neste gadget