O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.

O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.
ROGERIO DO BODOCÃO FAZ FESTA PARA AS CRIANÇAS DE BALDIM, COM BOLO, PRESENTES E MUITAS BRINCADEIRAS.

domingo, 7 de agosto de 2011

IGREJA BATISTA


CONFERÊNCIA NA IGREJA BATISTA
DIMITI JULIANO - palestrante
Acontece no templo da Igreja Batista de Baldim uma Conferência intitulada: "Restaurando a igreja do primogênito" (aqui, primogênito é a referência bíblica a Jesus, conforme a Carta aos Colossences 1:18), e contando com a presença do escritor Dimitri Juliano, autor dos livros: Despertamento pessoal, Nascer de novo, a Resistência e Onde está a igreja do primogênito, diretamente de Cascavel/Paraná.
Convidado para trazer aos cristãos locais uma mensagem que reacenda nas pessoas os verdadeiros propósitos e desígnios que o ensinamento do evangelho tem para todos os cristãos. Ela acontece às 9 h e 19 h, nos dias 5, 6 e 7 de agosto na Pç. Emílio Vasconcelos, 213 - Centro/Baldim.
Organizado desde abril, a Conferência acontece graças a contribuições voluntárias de membros da Igreja Batista que possibilitaram trazer a Baldim uma ministração totalmente diferenciada do que se tem por comum no meio da cristandade atual. Dimitri veio acompanhado de sua esposa Elisangela e seu filho. Eles são líderes na Comunidade Evangélica de Cascavel e tem andado por todo o Brasil e também pelo exterior, alertando os cristãos sobre a forma errada com que a maioria tem aprendido, crido e agido.
Em algumas de suas falas ele disse: “nas igrejas, não tem nada dos ensinamentos e princípios de Jesus ensinou e que constam na Bíblia, hoje se vive uma vida cristã medíocre, um cristão autêntico não é aquele que entende tudo, vive como todos, o verdadeiro cristão é um sujeito INFLEXÍVEL, que tem uma vida fundamentada nos ensinos bíblicos e nada ALÉM disso”.
Espera-se que a conferência traga aos participantes a verdadeira visão de como é de fato ser e viver como seguidor de Cristo.


Ser ou não ser eis a questão
________________________
REFLEXÃO
Em tempos de religiosidade aflorada eu digo a mim mesmo: Não quero ser religioso (a). Religioso todos são, o judeu ou muçulmano, materialista ou hippie, devoto ou mesmo os que se dizem ateus, pois a fé destes é a de que Deus não exista.
E esta religiosidade tem de fato feito o que em nossa sociedade? Que frutos nossa mesquinha fé tem trazido de bom aos outros? EM SEU LUGAR QUE FARIA JESUS HOJE, NO MEIO EM QUE VOCÊ VIVE?
Digam o que digam, somos egoístas, queremos o nosso próprio bem, desejamos ser fartos e abastados, saudáveis e queridos, MAS o dizia o Mestre Jesus?
No evangelho de Lucas (14:25-33) está escrito: “Se alguém vem a mim, e não aborrece a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, ...e ainda a sua própria vida, não pode ser meu discípulo. E qualquer que não tomar a sua cruz, e vier após mim, não pode ser meu discípulo. Assim, pois, todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo”.
Podem alegar qualquer coisas do tipo: "mas Jesus queria dizer era outra coisa", mas que outra coisa?
Enquanto estivermos enquadrados nos padrões que dita o ritmo deste mundo, nunca poderemos ter a petulância de dizer “sou um cristão”, lembrando que esta palavra no dicionário Aurélio significa seguidor de Cristo.
Ocorreu um erro neste gadget