FEIRA DE ARTESANATO, EM BALDIM.

FEIRA DE ARTESANATO, EM BALDIM.

quarta-feira, 10 de março de 2010

VIAJANDO NO TEMPO...





Empresa Ribeiro - Linha Baldim / Belo Horizonte
Foto by Geraldo Reis

________________________________________________

AS PRIMEIRAS LINHAS DE ÔNIBUS
Quanto à Linha de Ônibus para Sete Lagoas, a empresa pertenceu à família Rosa, de São Vicente: Alexandrino, João Batista e Agrícola Rosa (não sei se omiti algum nome, já que eu era criança naquela época). (Luizinho Soares)

PARTICIPAÇÃO  
Geraldo dos Reis disse: Esta foto foi tirada em 1961 na época em que morávamos em São Vicente.O fotógrafo foi meu irmão Afonso (hoje já falecido). Este ônibus deve ser da Empresa Ribeiro - Linha Baldim / Belo Horizonte. Quem nos cedeu esta foto foi meu outro irmão Marino Reis, que carinhosamente nos permitiu colocar no blog. Que saudade, recordando meu tempo de criança, viajando de São Vicente para Jequitibá, naquele onibus marron do Pedro Cândido. Quanta recordação dos bons tempos de São Vicente. Abraços.

VIAGEM NO TEMPO
Oi Geraldo, é a pura verdade, o nome Pedro Cândido faz a gente viajar para o tempo de criança. Eram viagens longas, poeirentas, sem nenhum conforto, mas tinham um sabor de liberdade e aventura que não tem hoje. As viagens hoje são assustadoras pela velocidade dos carros, acidentes e assaltos.Recordar também é viver. Obrigada pelo comentário. Ione

MECÂNICOS
Estamos falando de Domingos de Freitas e Silva, o primeiro mecânico de Baldim. Pedro Cândido era um mecânico que existia na entrada de Amanda, ponto obrigatório de parada dos ônibus da Empresa Ribeiro no trajeto Baldim - Belo Horizonte. Pedro Cândido foi proprietário da Linha de ônibus que ia para Sete Lagoas, passando pelo Depósito de Madeira, entroncamento para Pedra Branca, Cerradão, Estiva, Quebra Perna, Vargem Formosa, Ponte da Varginha e Jequitibá. Contava com a contribuição de seus filhos ao volante daqueles ônibus marrons. (Luizinho Soares)


 Jardineira de Baldim 
______________________________
À CAMINHO DA CAPITAL
"...Assim que a notícia chegou, a primeira coisa que me veio à cabeça, ao invés de ir ao último encontro com você, foi pegar a estrada para São Vicente e voltar. Voltar no tempo, seguindo as marcas que você deixou ao longo da estrada que você e seus carros construíram, literalmente.
 Hoje fica difícil imaginar isso: o descampado, uma pequena trilha e você guiando a sua Jardineira a caminho de Belo Horizonte. E passando tantas vezes pelo mesmo lugar, acabou fazendo a estrada que está lá praticamente a mesma coisa, com as mesmas curvas, os mesmos buracos e a mesma poeira forte deste início de seca. ... O progresso que, em vão, você tentou levar pra lá. Primeiro com seu Ford bigode, seus caminhões Tigre, suprindo a cidade de novidades, suas jardineiras, que hoje são ônibus, durante anos e anos levando e trazendo gente, fazendo favores, escutando desaforos, aguentando poeira e enguiços, mas sempre apontando no alto do morro de São Vicente com sua buzina forte e contínua para anunciar que a jardineira estava chegando. Era a festa diária da cidade, com todos na pracinha rodeando o coletivo enquanto você, tranquilamente, tirava água do joelho na roda de trás. "Carta de adeus a Joãozito" (Mario Ribeiro)

CRESCIMENTO
O crescimento do atual município, relativamente lento, teve como alicerces a indústria têxtil e a cultura do algodão. Com a construção da estrada de ferro Belo Horizonte-Sete Lagoas e a Rodovia Belo horizonte-Serro, incrementou-se a atividade agrícola e pecuária, ocupando lugar de destaque na economia do município. 



Camilo Fraga, Carlos Melles, Leo Burguês e Xandão
Reunião da FERVEM
_______________________________________________________
MELHORIAS PARA BALDIM NA ÁREA DE TRANSPORTES
No dia 1º de Junho, na Câmara Municipal de Belo Horizonte, aconteceu a 7º Reunião da FERVEM – Frente Parlamentar dos Vereadores da Região Metropolitana de Belo Horizonte e do Colar Metropolitano. Estiveram na reunião, o Secretário Estadual de Transportes e Obras Publicas – SETOP, Sr. Carlos Melles, o Secretário da Agencia Metropolitana Camilo Fraga, o Presidente da C M B H e da FERVEM Léo Burguês e 59 vereadores de diversas cidades.
Como coordenador da Região 5, no qual pertencem os Municípios de Baldim, Capim Branco, Funilandia, Jaboticatubas , Matozinhos, Pedro Leopoldo, Prudente de Morais e Sete Lagoas, o Secretário Estadual de Transportes Carlos Melles disse do empenho do governo, em melhorar a acessibilidade e o transporte para todos os moradores, porque o tráfego para chegar a Belo Horizonte está cada vez mais difícil. As reivindicações do município de Baldim que foram entregues foram as seguintes:
1 – O não pagamento de passagens para os idosos com mais de 60 anos (  a empresa SARITUR não atende  esse serviço até o município de Baldim  vai somente até São José do Almeida ).
2 – Construção da ponte sobre o Rio das Velhas ligando o município de Baldim a Funilandia, Prudente de Morais, Matozinhos e Pedro Leopoldo e Sete Lagoas.
3 – Construção de  uma nova rodovia tirando o transito do centro de Lagoa Santa.
4 – Duplicação da ponte sobre o Rio das Velhas entre o município de Lagoa Santa e Jaboticatubas.
5 – Manutenção das estradas vicinais para escoamento da produção agrícola do município , ( D E R e RURALMINAS ).
6 – Calçamento e asfaltamento em rua de Baldim, São Vicente, Vargem Grande, Vila Amanda, Mocambo,Gameleira, Botafogo, Timóteo ,Botafogo e Sumidouro.
7 – Asfaltamento da estrada que liga o município de Baldim a Santana do Riacho.

EXTENSÃO DA ROTA DE ÔNIBUS EM SÃO VICENTE
Acost pede extensão da linda de ônibus e gratuidade de passagens de agentes  de saúde no exercício da função. Procurando uma maior facilidade de locomoção dos moradores do Conjunto Habitacional São Tarcísio, a Acost encaminhará pedido à Saritur a extensão da rota do ônibus, que poderia fazer uma circular.  Partindo do local onde hoje pega passageiros e os traz de volta, seguindo menos de um quarteirão, entrando na rua F, virando a direita rua D, virando rua Al, à direita, entrando a direita a rua F, virando a rua do atual ponto, virando-se à esquerda e seguindo a rota normal. Pedindo ainda gratuidade da passagem das agente de saúde, com uniforme que estejam a trabalho no conjunto habitacional. Quem sabe algum vereador queira abraçar esta causa?
Geraldo Mariano - Acost/jumsv                                                                                                                                                                                                                                                                                                  
Ocorreu um erro neste gadget