O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.

O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.
ROGERIO DO BODOCÃO FAZ FESTA PARA AS CRIANÇAS DE BALDIM, COM BOLO, PRESENTES E MUITAS BRINCADEIRAS.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE BALDIM







Câmara Municipal de Baldim
_____________________________________________________
REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA 
A reunião extraordinária da Câmara Municipal de Baldim, de 23/11/2012, transcorreu num clima descontraído e até mesmo simpático, apesar dos assuntos que foram tratados, as atuais dívidas da Prefeitura, e das presenças já constantes do Prefeito eleito Zito, o Vice-Prefeito Alex e sua esposa, Bernadete Bastos e mais, Lucinho e Luciano do PT, Zé Luiz Torres, Auxiliadora do  Asilo, Sione Romanholo, Jacinta e Celsa Sena. As ausências dos Vereadores Moacir Sena e João do Trailler foram justificadas.



Prefeito eleito Zito na Câmara Municipal 
___________________________________________________
PREFEITO ELEITO, ZITO, FALA NA CÂMARA
 Esta reunião extraordinária deveu-se ao acúmulo de projetos na pauta da reunião ordinária anterior, o que já justificaria a volta ao plenário do Projeto do Vereador Xandão, de 2 reuniões ordinárias por mês, agora solicitada, com a presença do advogado da Prefeitura, para esclarecer as dúvidas sobre  o sistema de votação que culminou com a rejeição do Projeto. Este assunto estará na pauta da próxima reunião ordinária da Câmara Municipal, dia 30/11/2012, às 18:00 horas, lembrando que esta será a penúltima reunião desta bancada de Vereadores.   

O clima descontraído e simpático da reunião, a que me referi, ficou por conta dos Vereadores, que  durante a reunião, em meio aos debates sobre os assuntos em pauta, se dirigiam ao Prefeito eleito Zito, dando-lhe orientações  sobre o funcionamento do sistema administrativo da Prefeitura, chegando a citar nomes (Nívio de Antero e Edil) de funcionários competentes que ali trabalham, há anos, sem distinção de partidos, que poderão ser de grande ajuda no início do seu mandato. 
O Prefeito Zito agradeceu cordialmente ao convite do Presidente Fernando para usar da palavra, dizendo que falaria no final, pois estava ali apenas para acompanhar os trabalhos da Câmara Municipal. Em resposta ao Vereador Marconi, o Prefeito eleito Zito, disse que vai continuar participando  das reuniões da Câmara Municipal e quando houver algum impedimento, o vice-Prefeito Alex, estará presente para representá-lo.


Vereadores em Reunião extraordinária de novembro
____________________________________________________
DÍVIDAS DA PREFEITURA DE BALDIM
Sobre a dívida da Prefeitura de  Baldim com a CEMIG, o Presidente Fernando esclareceu que, hoje, ela está em torno de 1 milhão de reais, e vem sendo renegociada por todos os Prefeitos desde 1967, portanto não é uma dívida de responsabilidade fiscal, ou seja não foi contraída pela atual Administração.
 O Zé Luiz Torres, Chefe de gabinete do Prefeito Ivan Diniz informou que na renegociação desta dívida, o  atual Prefeito Ivan Diniz conseguiu reduzir o valor do pagamento das mensalidades, de 14 mil reais para 8 mil reais, ainda faltam cerca de 90 prestações, o que vai requerer anos de renegociação até que seja quitada.
 Em resposta ao Lucinho, do PT de São Vicente, o Presidente Fernando respondeu que os parâmetros de pagamento desta dívida, que estavam sendo votados, poderão voltar ao Plenário para novas discussões, durante o próximo mandato. 
  Esta dívida com a CEMIG interfere em todo o sistema de prestação de serviços do setor, principalmente na iluminação pública.  Sobre a dívida da Prefeitura de Baldim com o INSS, que o Vice-Prefeito eleito Alex questionou, a informação de que ela está em torno de 4 a 5 milhões de reais foi dada pelo Prefeito eleito Zito e confirmada pela bancada de Vereadores, não foi discutida, mas deverá ser pauta de outra reunião.



ASSOCIAÇÕES COMUNITÁRIAS
No repasse de recursos financeiros para as Associações Comunitárias, foi apresentada uma lista de nomes e valores que, segundo o Presidente Fernando teria que ser apreciada e votada, para dar andamento nos processos e que os seus atuais parâmetros poderão ser discutidos e votados, posteriormente. Citando apenas algumas, temos: 
Associação Comunitária de Vargem Grande – 19 mil reais/ano. 
Circuito das Grutas – 9 mil reais/ano.
 Banda Musical de Baldim – 8 mil reais/ano.
 Asilo de Baldim – 7 mil reais/ano.
 Fanfarra de Baldim – 5 mil reais/ano. 
Banda Musical de São Vicente – 1 mil reais/ano. 
As demais Associações estão em torno de 1mil reais/ ano.
 O Vereador Marconi questionou sobre o critério utilizado para definir os valores estabelecidos. O Vereador Joel, de Vargem Grande, justificou os 19 mil reais/ano dizendo que a Associação Comunitária de Vargem Grande resolve seus problemas usando este recurso.
 O Vereador Marconi questionou também o recurso que a Banda de Baldim recebe, 8 mil reais/ano, e a Banda de São Vicente, 1 mil reais/ano, no entanto, a Banda de Baldim nem funciona e a de São Vicente tem que fazer campanhas e festas para angariar fundos e comprar instrumentos, pagar professor e mesmo assim funciona.
 Sobre o recurso destinado ao Circuito das Grutas, de 9 mil reais/ano, eu acompanhei de perto o Projeto Arte Carste, na seleção de 4 artesãos de Baldim, (Moacir Campelo, Tita, Norma e Fabiana) que fariam capacitação, eles desistiram do projeto por falta de recursos para frequentar as aulas de Artesanato em Sete Lagoas. Apesar do assunto continuar nebuloso e sem explicações convincentes, os recursos atuais foram aprovados, devendo voltar a ser apreciados pela nova bancada de Vereadores, coisas de final de mandato, mas acredito que nem tudo vai voltar a ser como antes no Quartel de Abrantes.

Capela Velório de Baldim
______________________________________________
ENCERRANDO...

O Zé Luiz Torres, Chefe de Gabinete do atual Prefeito Ivan Diniz explicou que a falta de pedreiros na Prefeitura forçou um aumento de salário deles (R$900,00)  pra atender a concorrência do mercado local. Questionado sobre a Capela Velório, pela Jacinta, ele respondeu que as obras estão paradas por contensão de despesas para fechar as contas. Jacinta argumentou que viu na Revista do Ivan que já havia uma verba destinada à Capela Velório, mas ele repetiu que a prioridade é a contensão das despesas e que nem tudo saiu como foi planejado. 

DESPEDIDAS
O Vereador Arnaldo já se antecipou, fazendo uma breve despedida da Câmara, falando de seus 7 mandatos, em 35 anos de vida pública, e da sensação de dever cumprido como Vereador. Arnaldo pretende se dedicar agora à sua profissão de engenheiro, trabalhando ao lado do seu irmão José Salvador, no Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte. Aproveitamos para agradecer aos irmãos Arnaldo e Salvador toda a ajuda ao Posto de Saúde de Baldim, em todos estes anos.
(Ione, editora do Blog)

(PRÓXIMA REUNIÃO ORDINÁRIA: Dia  30/novembro/2012, às 18:00h )




Banda de Música de São Vicente
___________________________________________________
DIRETO DO FACEBOOK - COMENTÁRIOS

José Juliano Martins - OPINIÃO, IGUALDADE AINDA QUE TARDIA - Nós enquanto povo, cidadãos constituídos, cumpridores de nossos deveres, pagadores de impostos temos que exercer nossos direitos e exigir daqueles que elegemos para administrar (prefeito) e legislar (vereadores) o município de Baldim um tratamento mais condigno e igualitário e exigir que tenham mais olhos e boa vontade para as necessidades as reinvidicações de São Vicente. Não queremos tratamento diferenciado, mas sim respeito e igualdade de direitos, pois há muito sofremos com o descaso para conosco e é hora de passarmos o exercermos esta cidadania politicamente correta. 
Começamos agora todos, enviando e-mails, mensagens a prefeitura e aos vereadores de Baldim cobrando deles que alterarem a verba anual aprovada para Acosvp-Associação Coral São Vicente e que aprovem uma verba pelo menos igual a aprovada para a Banda de Baldim (inativa) que foi de R$ 8.000,00. — com Nilton Vicente, Maria Isabel Martins, Zequinha de Tupi, Ione Torres, Marconi Antonio Ferreira, Rosangela Efigenia Marques Ferreira, Luciana Maria, Eduardo Eustaquio Pereira Eustaquio, Prefeitura de Baldim, Fania Antonio Carlos Marques Reis, Dário Jandir Nascimento, João Antônio Antônio, Joana D'Arc Marques Martins, Ana Maria Bedetti, Ademar Gonçalves Martins, Lora E Magela, Alexandre Leão Ribeiro Silva, Eliana Aparecida Silveira, Arnaldo Vicente, Sitio Capelinha Baim, Mariscuta Marques, Realino J Nascimento Nascimento e Márcio Eloisio. 




Banda Musical de Baldim
_______________________________________________________
COMENTÁRIOS

Ione Torres - Oi Juliano, taí uma boa hora para São Vicente cobrar igualdade de direitos, a começar da verba para a Banda de Música. Foi dito na Câmara, eu estava presente, que estes parâmetros podem ser mudados, o projeto pode voltar ao plenário para ser apreciado e votado, com as devidas correções. Na oportunidade, que venha uma comissão da Banda de São Vicente para reforçar o pedido. Acredito que a presença do povo na Câmara é fundamental para isso, a cada projeto os diretamente interessados deveriam estar lá na Câmara para acompanhar o processo, pois a resposta é diferenciada, eu já vi acontecer. " é o olho do dono..."

Juliano Martins - Na última reunião da Câmara Municipal de Baldim, realizada no dia 26 de outubro de 2012, os nossos Vereadores votaram e a Associação Coral São Vicente de Paulo-ACOSVP, foi agraciada, com uma Verba ANUAL de R$ 1.000,00 (HUM MIL REAIS), de ajuda para manutenção e incentivo a CULTURA, da Banda de Música de São Vicente que hoje conta com 25 músicos e mais 25 novos aprendizes instrumentistas e com um custo mensal de R$ 700,00 (setecentos reais) só com o pagamento do Maestro. A Banda de Música de Baldim foi agraciada com uma verba ANUAL DE R$ 8.000,00-(oito mil reais). Dois pesos e duas medidas, porque?
Vejam vocês como os nossos Representantes Públicos nos menosprezam e fazem pouco das coisas da Comunidade de São Vicente. Abaixo coloco em destaque o que cada uma entidade de outras comunidades receberam merecedoramente e deveria ser até mais, e a mísera VERBA que foi destinada a ACOSVP - Associação Coral São Vicente de Paulo:


Assoc. Comunitária Vargem Grande R$ 19.000,00
Circuíto das Grutas R$ 8.000,00
BANDA DE MÚSICA BALDIM (inativa) R$ 8.000,00
FANFARRA DE BALDIM R$ 5.000,00
Asilo Baldim (é Pouco) R$ 7.000,00
BANDA DE SÃO VICENTE ( é ESMOLA) R$ 1.000,00
Outras entidades R$ 1.000,00

Não sou contra o que as outras entidades recebem, mas o que a Acosvp vai passar a receber anualmente da Prefeitura de Baldim é inconcebível... Se os nossos vereadores puderem nos ajudar e reverter o quadro no última reunião da Câmara, ficaremos eternamente gratos. — com Maria Isabel Martins, Vicente De Paula Junior Junior, Nayara Diniz, Maria De Fatima Teixeira Franco, Raimundo Franco, Salao Regina Beleza, Ademar Gonçalves Martins, Realino J Nascimento Nascimento, Fania Antonio Carlos Marques Reis, Rafael Gontijo, Eliana Aparecida Silveira, Lucyana Dias, Dickinson Azevedo Rosa Azevedo, Maria Fatima Ferreira de Paula, Zequinha de Tupi, Ilacir Evangelista Gomes, Geraldo Elivan Ribeiro Elivan, Irio Dias, Elizabeth Torres, Rosangela Efigenia Marques Ferreira, Marcelo Luiz Luiz, Gerson Rogerio França, Mariscuta Marques, Carlos Eduardo, Sitio Capelinha Baim e Joana D'Arc Marques Martins.

Ione Torres -  Oi Paulo, infelizmente a presença do povo na Câmara ainda pode ser contada nos dedos, já se tornou uma questão cultural, chega a ser um preconceito, os próprios vereadores sentem isso. Quando comecei a ir as reuniões da Câmara, eu mesma pedi desculpas aos Vereadores por criticá-los sem nunca ter ido as reuniões. Estamos tentando mudar isso, mas não é fácil. Eu não estou contra os vereadores, pelo contrário, estou tentando mudar esta performance deles, mesmo com provocação, se é que vc me entende.

Alexandre Leão Ribeiro Silva -  sempre disse para todas a pessoas que é importante a participação em reuniões na câmara, com certeza não seriam tão criticados e com certeza o resultado de conquistas seria muito grande , espero que na próxima gestão a população seja mais presente e realmente saiba cobrar melhor.

Ione Torres -  Oi Xandão, sou testemunha do seu esforço para levar o povo até a Câmara para acompanhar os projetos em votação, mas não vai ser fácil mudar isso. Este é o primeiro passo, o povo vai entender como funciona o sistema e aprender como lidar com ele, simples assim. Temos que começar levando até a Câmara comissões interessadas no apoio ao projeto em questão, se der certo, outros virão, é por aí.


Alexandre Leão Ribeiro Silva Caro Paulo, Juliano e Ione, São Vicente tem um bom representante, que luta pelas conquistas de nossa população, só que muitas das vezes, sozinho não consigo, mas seria muito bom que a população estivesse presente para saber o que acontece nas reuniões, talvez não escreveriam o que vocês não sabem. Todos os vereadores, principalmente de São Vicente, reclamaram da verba recebida pela associação, saibam que a verba estipulada para cada associação só sera recebida se a Prefeitura tiver dinheiro para repassar, por isso seria muito bom se estiverem na próxima reunião. A respeito da vereança melancólica quero dizer que sou um edil dedicado no meu trabalho, luto pelo melhor, se outros não querem não posso fazer nada. Tenho lutado para termos 2 sessões por mês, reuniões itinerantes, participei para formação dos conselhos do idoso, da mulher, da juventude, do turismo e meio ambiente, alem de apoiar o projeto social bom de bola bom escola, em São Vicente, com mais de 100 jovens alunos da Oscar Arthur Guimarães, durante o meu mandato, conseguiu junto com Dep. Dinis Pinheiro a verba para reforma da E.M. Nelson Ribeiro, no valor de R$ 485,000,00, total apoio ao esporte a cultura da nossa comunidade e do municipio, tem mais coisas que fiz, mas infelizmente não consegui fazer tudo que pretendia, mas saibam que lutei, obrigado.
há 16 minutos · Curtir

Alexandre Leão Ribeiro Silva Esqueci de citar que fiz parte da comissão que vez o Plano Diretor do municipio, a maior conquista ´para direcionar o crescimento ordenado, para beneficio de toda a população baldinense.



Ocorreu um erro neste gadget