O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.

O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.
ROGERIO DO BODOCÃO FAZ FESTA PARA AS CRIANÇAS DE BALDIM, COM BOLO, PRESENTES E MUITAS BRINCADEIRAS.

sábado, 3 de março de 2012

POESIA

Silvio Ferreira Aguiar
________________________________________________
LANÇAMENTO DE LIVRO DE POESIAS
Filho da terra, Silvio Ferreira Aguiar está preste a realizar em sua terra natal o lançamento de seu mais novo livro: DIVERSOS. Mesclando temas como a vida urbana e a nostalgia do ambiente rural, particularmente do cerrado de Minas Gerais, ele trás através deste livro um rico conteúdo com poesias e uma  literatura tipicamente mineira. Já tendo ocorrido em outros centros, e em breve em Baldim, terra natal do eminente escritor, o lançamento de seu livro.

Aconteceu o que todos esperavam, em 02/03/2012, às 19:00h, no Salão Paroquial de Baldim, o lançamento do novo livro de poesias “Diversos” do Silvio Aguiar e foi o sucesso merecido e aguardado por todos. A sala estava lotada de parentes, amigos e uma turma de alunos do curso de Pedagogia. O Secretário de Educação, Marcio Reis abriu a solenidade dando a palavra ao escritor que falou de seu trabalho e agradeceu o apoio e a presença de todos. Luisinho Soares, jornalistaamigo de infancia do escritor,  falou de seus primeiros versos, ainda adolescente. Neide Reis também homenageou o escritor com palavras de carinho. Ilson Lima, jornalista premiado e amigo do autor, também se dirigiu a ele e aos presentes. Foram lidas 2 poesias inéditas  por uma amiga e uma de suas irmãs. O autor sorteou vários livros para a platéia e seguiu-se uma fila para os  autógrafos do autor. Em seguida, um coquetel foi oferecido aos presentes como encerramento.Parabéns, Sílvio!Ione, editora do Blog



Sílvio Ferreira Aguiar lança livro em Baldim.
A Secretaria de Educação organizou e mobilizou a comunidade para que o autor do livro DIVERSOS, Sílvio Aguiar, filho da terra, e do saudoso Geraldo Fiscal (irmão da professora Ivete, para alguns identificarem melhor), e atualmente reside na grande BH tivesse a oportunidade de em sua terra natal lançar seu 2º livro.
No evento estiveram presentes antigos amigos, amantes da leitura, alunos da EE. José Ribeiro da Silva, escritores e representantes das escolas e bibliotecas.
Na oportunidade foram lidas poesias inéditas e em seguida feitas doações de livros às bibliotecas e escolas e em seguida passou-se para o momento de autor fazer suas dedicatórias. Marcio Reis






"Sou de Baldim, tem base?"
______________________________________________
“TEM BASE?”
É hora de alegria
De gente, cavalaria
Dos parentes se juntando
Risadas ao ar soltando
Poeira no céu subindo
Cavalos em roda marchando
Sol no céu de claridade
Pó da terra sufocando
E a rancheira no seu canto.
Alegria alegrando.
Mas passa um carro fosco
Deixa o cavalo fogoso
Para rir às bandeiradas
Da piada feita na frase:
- Sou de Baldim, tem base?
Que delícia a gozação
Mas ser de “Baldim” é glória
Lugar de progresso e história
Gente brava lutadora
Que trabalha e ama seu chão.
Zila, Tribuna – 31/05/87


Texto Extraído do Jornal “Baldim Notícias”, 
nº 5, Edição de junho de 1989 – Página 10.


Zila é poeta de maior grandeza,
adora sua terra natal, que é Jequitibá
e pertence à Academia Sete-Lagoana deLetras.
 A pedido de Wellington Barbosa (Tom),
 uma poesia, feita por ela, em homenagem a seu
avô, Marcílio de Sena.
Ocorreu um erro neste gadget