O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.

O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.
ROGERIO DO BODOCÃO FAZ FESTA PARA AS CRIANÇAS DE BALDIM, COM BOLO, PRESENTES E MUITAS BRINCADEIRAS.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

OPINIÃO


Pousada Tia Salete
__________________________________________________
BALDIM, UMA CIDADE DIVIDIDA
Mais uma vez peço licença para os baldinenses para expor minha opinião.
O mundo mudou. A globalização é uma realidade que temos que acompanhar em todos os sentidos, seja ele profissional, social, político etc. Baldim não pode ficar para traz, apesar de sermos pequenos, somos uma cidade pacata, hospitaleira, mas ainda temos muitos defeitos. Uma cidade dividida socialmente e politicamente. Com todo respeito, às vezes acho que, não temos aqui uma sociedade. Politicamente somos ou fomos reféns de uma “dúzia” de pessoas, penso que deveríamos rever essa situação. Baldim tem que unir força, pois somos maioria, somos muito mais fortes que a minoria. Vamos participar mais das decisões de nossos governantes e representantes, vamos aplaudir e apoiar os bons projetos, vamos cobrar dos nossos representantes mais fiscalização e transparência.
Meus amigos baldinenses nós somos muito maiores: se unidos.

Parabéns a prefeitura e seus colaboradores pelo bom carnaval.
por Claudio - Pousada Tia Salete


COMENTÁRIOS

Ione Torres - 17/02/2013 00:31:00
Realmente, Claudio, Baldim é uma cidade dividida, um vergonhoso "muro de Berlim", digo, um "muro de Bardim", separando até famílias por partidos políticos. Sabe-se de uma tradicional família baldinense que se mudou daqui, um a um, porque não teve espaço para sobreviver com tamanho preconceito. Infelizmente, temos que falar das nossas mazelas também, quando as evidencias estão influenciando o comportamento das pessoas.Estamos sempre comparando Baldim e São Vicente, porque as diferenças estão a cada dia mais marcantes no posicionamento politico, principalmente.Enquanto São Vicente está se revelando uma comunidade politizada e sem preconceitos partidários, Baldim permanece pequena, politica e socialmente. Participar da vida pública de seu município, significa apoiar e criticar, ao mesmo tempo, a Administração Pública, é um exercício de cidadania. Portanto, ficar do outro lado do "muro de Bardim" esperando a "virada" é politicagem de gente pequena mesmo, que só quer tirar proveito da situação, e o povão que se dane. Parabéns pelo seu empenho em dar seus alertas sempre oportunos, um bom exemplo para os baldinenses seguirem.Ione Torres


Sinto, minha cara Ione em discordar de você, pois em nada se verifica que a comunidade de São Vicente se demonstra politizada, e quero deixar bem claro, tenho profundo respeito por todos de lá, tenho parente lá, mas politizada não, lá pode ser mais organizada em termos de eventos e recentemente a organização do coral, graças ao ilustre Eduardo e sua turma. É lamentável, quando um outro ilustre cidadão vicentino fala que a administração da prefeitura fora composta por imensa maioria de seus conterrâneos pois eles são "mais competentes", isto é descriminar, é ter ar de petulância. Não podemos agora, somente pelo fato de que o prefeito ser de lá querer encher a bola dele, isso somente faz acirrar os antigos demônios de nossa história.
OBS: Espero que você publique isso, pois muitas coisas boa e verdadeira tem sido enviadas para o teu blog e não tem sido publicado CIDADÃO DO MUNDO
ResponderExcluir
  1. Não costumo responder comentários anônimos, por não saber com quem estou falando, enquanto você, leva vantagem sabendo quem sou eu. O que me levou a responder foram as contradições dos seus comentários, como se quisesse confundir seu anonimato, apesar disso ficou evidente de que lado você está. Você tem todo o direito de fazer críticas à atual gestão, e eu não estou aqui para defender e muito menos responder pela Administração Pública.

    Quando você discorda que São Vicente é mais politizada que Baldim e que eu estou acirrando antigos demônios da nossa historia, significa que você não conhece e não viveu esta história. Na verdade, quando você vê a Prefeitura de Baldim comandada por uma equipe, na sua maioria, de São Vicente, você receia que São Vicente venha roubar novamente a cena da sede do município, como já o fez na época em que a Companhia Cedro e Cachoeira era a provedora de tudo.
    Esta é a diferença entre Baldim e São Vicente, enquanto Baldim vivia e ainda vive submissa às decisões de políticos que fazem politicagem, São Vicente aprendeu a viver numa sociedade que se mobiliza quando precisa , por exemplo, de uma Capela Velório,de uma banda de Música, coisas que Baldim fica esperando dos políticos e da Prefeitura.

    Quanto a publicar ou não seus comentários, se você acompanha este Blog sabe que eu tenho uma responsabilidade social com meus leitores e assim eu tenho conduzido a filtragem dos comentários que recebo para manter um nível aceitável de interação na comunidade. Se seus comentários não foram publicados houve um motivo para isso, tipo críticas pessoais anônimas e de nenhuma utilidade pública, as coisas boas e verdadeiras são aceitas, de qualquer maneira valeu sua participação. Ione, editora do Blog.
Ocorreu um erro neste gadget