FEIRA DE ARTESANATO, EM BALDIM.

FEIRA DE ARTESANATO, EM BALDIM.

quarta-feira, 23 de março de 2011

O CARNAVAL DE BALDIM NÃO ACABOU






ORGANIZANDO UMA "COMISSÃO DE FRENTE"
Oi, Anônimos, taí uma sugestão muito inteligente, eleger um grupo de pessoas de vários seguimentos da sociedade e promover o Carnaval junto com a Prefeitura. Vamos combinar: esta "Comissão de Frente" poderá ser formada sem preconceitos, de raça, de religião, de política, com representantes dos "dois lados" e o apoio da Prefeitura não será negado, com certeza. O Povo não sabe a força que tem, até o "muro de Berlim" foi derrubado...vamos acabar com esta de "lado de lá, lado de cá", isso já virou História. Esta mentalidade de política de coronéis já acabou, por isso estamos parados no tempo, nada vai pra frente, o povo quer o povo faz. Colocamos o Blog à disposição para formar a "Comissão de Frente" , é só perguntar: _ Quem gosta de Carnaval? e já é o primeiro passo. Eu assino embaixo e em cima dessa lista. Quem é o próximo?  ( Ione)

APOIO
Geraldo Mariano disse... APOIO AS SUGESTÕES DE SE FORMAR UMA COMISSÃO DE PESSOAS LIGADAS AO CARNAVAL, INCLUINDO NÓS DE SÃO VICENTE, BANDA MOLE E O BLOCO DO BOI DA MANTA. GERALDO MARIANO - Presidente da Associação Comunitária São Tarcísio- ACOST- entidade de utilidade pública municipa l- que criou no local o Bloco do Boi da Manta e participa do Carnaval em São Vicente. marianogeraldo3@gmail.com  Cel. para contato 9943 2632.  Quinta-feira, 24 Março, 2011  


GERALDO MARIANO, GENTE GRANDE
Oi Geraldo Mariano, precisamos de Gente Grande como você, que chega, se apresenta, diz a que veio e apoia uma causa que não é só sua, mas de toda uma comunidade. O seu primeiro passo foi importante pelo incentivo que dará às outras pessoas que o seguirão nesta causa. A feliz sugestão do "Anônimo" de formar uma comissão veio em boa hora. Quando ninguém quer assumir a liderança toda a Comissão fica comprometida e cada um faz sua parte para um bem comum. E, estamos falando de Carnaval, imagine se a Comunidade se mobiliza para resolver seus problemas... vai descobrir a força que tem a união, sem preconceitos políticos ou religiosos. Acredito que nenhuma Administração Pública Inteligente vai negar apoio ao Povo que o elegeu e precisa dele para continuar ou voltar ao poder. Independente de quem vai votar ou não é mostrando serviço que se ganha voto. Precisamos sair deste "marasmo" , (o lado-de-lá X lado-de-cá), esperando que as coisas aconteçam ou não, de 4 em 4 anos, pois um desmancha o que o outro fez, sem se preocupar se está dando certo ou não para o Povo. Obrigada e Parabéns Geraldo Mariano! Quem é o próximo? (Ione) Quinta-feira, 24 Março, 2011


UTOPIA
Anônimo disse...Oi, Ione! Será que as oligarquias políticas de Baldim possuem o mesmo discernimento social visualizado por você e pelo Geraldo Mariano? Os interesses dos dois grupos que se alternam no poder têm raízes profundas e passam de geração a geração. Torço para que vingue a idéia da formação de comissões suprapartidárias, com representantes dos diversos segmentos da sociedade baldinense. Embora, eu seja um cético em relação à união sem interesses dos dois "lados" que comandam o Município, acho que vale a pena tentar. Sexta-feira, 25 Março, 2011
         
           OTIMISMO
Oi Anônimo, na verdade, eu não sou tão otimista quanto possa parecer, em relação às mudanças que pretendemos aqui,  mas também não sou tão pessimista que não possa sonhar com tais mudanças. Muito menos pelo contrário, como diria um bom mineiro...mas é sempre bom trocar idéias com alguém com os pés no chão, como você, sobre raízes profundas, gerações e dinastias de políticos.  Talvez, o que me levou a acreditar em mudanças tenha sido um simples Evento que participamos na cidade, por ocasião do Natal/2010, envolvendo toda a comunidade. Foi incrível acompanhar as reuniões que precederam o Evento, vendo representantes das várias igrejas, das facções políticas, das classes socias, juntos, com o mesmo objetivo, uma simples apresentação de Músicas Natalinas na Praça. Não acredito que a motivação tenha sido sòmente o "espírito de Natal"... não houve preconceitos, nem concorrências, nem constrangimentos de nenhuma das partes. Espero não estar alimentando nenhuma utopia que possa nos levar a nada, mas temos que pensar grande pra sairmos deste marasmo que também não está nos levando a nada. Gostaria de continuar merecendo a sua atenção e contando com suas observações inteligentes e experientes sobre nossa terra e nossa gente. Obrigada, Ione.
Ocorreu um erro neste gadget