FEIRA DE ARTESANATO, EM BALDIM.

FEIRA DE ARTESANATO, EM BALDIM.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

CEDRO E CACHOEIRA


Foto: Operários da CCC - Caetanópolis 
_____________________________________
A COMPANHIA CEDRO E CACHOEIRA
A Companhia Cedro e Cachoeira foi uma das primeiras industrias textil do Brasil. A empresa foi criada em 1872, em Tabuleiro Grande, pelos irmãos Bernardo, Caetano e Antônio MascarenhasA CCC possui atualmente cinco fábricas em Caetanópolis, Sete Lagoas e Pirapora. A empresa compete no mercado internacional, com teares de última geração e tecnologia de ponta, voltada para a produção de jeans. A responsabilidade social e ambiental integram a cultura da empresa. Em 1954, a companhia já iniciara ações de reflorestamento em suas terras. A empresa tem uma estação de tratamento de efluentes líquidos. Emprega 149 pessoas com necessidades especiais, número que supera a exigência legal. Gera mais de três mil empregos diretos.  Produz anualmente mais de 168 milhões de m² de tecidos, consumindo 44 mil toneladas anuais de algodão, 95% do algodão consumido em Minas. Aguinaldo Diniz Filho é o atual diretor presidente da CCC. Na época que a Companhia Cedro e Cachoeira mantinha a Fábrica de São Vicente seus operários tinham uma vida social de fazer inveja aos municípios vizinhos. O Maquinário da Fábrica de São Vicente, importado, foi embarcado em Santa Luzia, veio pelo Rio das Velhas até o Porto da Fazenda Santa Ana, na Gameleira da Palma, povoado do município de Baldim.Até São Vicente o maquinário seguiu em carros de boi e tropas de burro. A Companhia Cedro e Cachoeira (link) comprou outra fábrica em Cachoeira de Curvelo. Com a compra da Fábrica de São Vicente e casas para os operários formou-se uma Vila Operária onde era antes a Fazenda Zabelê  que se chamou depois,  São Vicente. 


Foto: A Fábrica de São Vicente
____________________________
UM POUCO DE HISTÓRIA
No século XIX, no período em que o D. joão VI aqui chegou com a sua corte,  fixou residência e resolveu implantar indústrias, rede ferroviária, navegação nos grandes rios e muito mais. Os investimentos eram estimulados para o sertão do Brasil, dentre estes estava o Sr. José Dias de Carvalho. À partir de 1880, vendo crescer na Capitania das Minas Gerais a Indústria de Tecidos, frente a boa perspectiva dos países europeus importar tecidos, a baixo custo, veio a construir em São Vicente a sua 1ª Indústria, então chamada de Cia.Tecidos São Vicente. Inaugurada em 1888, a Fábrica iniciou seus trabalhos mas o empreendimento não foi bem sucedido devido a problemas constantes na geração de energia, vindo a encerrar as atividades e por à venda sua Indústria.
 A Cia. Cedro e Cachoeira, em 1891, comprou a Fábrica de São Vicente renovando seus maquinários, ampliando sua produção e a qualidade dos produtos. Passados anos produzindo em nosso município a Cia Cedro e Cahoeira (CCC) fez crescer nossas riquezas, empregou nosso povo, eletrificou nossas casas, no período da década de 30 até a década de 70, e outros tantos benefícios trouxe para nossa municipalidade.Infelizmente, nos anos 90, com a globalização, a modernização e altos investimentos tornou-se inviável a CCC manter sua Fábrica em São Vicente, consequentemente, afetando economicamente nosso município. Mas, ficamos abalados, mas não inertes. Surgiram pequenas indústrias, empregos temporários e hoje, em especial a comunidade sãovicentina, vive uma vida econômica sustentável.


Foto: Museu da Cedro e Cachoeira
_________________________________________
MUSEU DA CEDRO E CACHOEIRA
Desde 1983 a Cedro é mantenedora do Museu Têxtil Décio Mascarenhas, (link) situado na Fábrica do Cedro, em Caetanópolis, com acervo de mais de 1.000 peças, o mais completo museu têxtil do país. Referência para estudantes, historiadores, estudiosos e empresários do setor, além da comunidade local, o espaço recebe aproximadamente 1.500 visitantes por ano, cumprindo o papel de preservar e perpetuar a história da indústria têxtil nacional.
Clique no Link para ver as fotos.Marque já uma visita!
Praça Cel. Aníbal Pinto Mascarenhas, nº 01 – Centro
BR 040, km 446 – sentido Belo Horizonte/Brasília
Caetanópolis, MG. CEP: 35770-000
Tel: (31) 3714-7941 -  (31) 3714-7941 - Fax: 3714-6305
E-mail: museu@cedro.com.br
Horário de funcionamento:
Segunda a sexta: das 8h às 16h - Sábado: das 8h às 12h
Ocorreu um erro neste gadget