O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.

O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.
ROGERIO DO BODOCÃO FAZ FESTA PARA AS CRIANÇAS DE BALDIM, COM BOLO, PRESENTES E MUITAS BRINCADEIRAS.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

ROMANHOLO… É DEZ… JUSTA HOMENAGEM.


Romanholo na Festa de São Vicente de Paula
______________________________________________

JUSTA HOMENAGEM
Encerrada, a linda Festa do Lar Boa Esperança de 2012, logo ao anoitecer, a cidade de Baldim, em seu silêncio costumeiro, sente a falta da voz de José Romanholo: é dez, é dez, é dez...! Dou-lhe uma, dou-lhe duas e, e, e..., três!!! Ao parabenizar ao Romanholo, no domingo, pela sua incansável e competente participação, depois de nove dias, cantando leilões, durante duas, três horas por noite, ele disse: “É um dom que Deus me deu, e eu uso esse dom para ajudar...”
E que grande ajuda, e que belo dom. Dotado da arte de improvisar, conhecedor da alma humana e privilegiado com uma voz forte e poderosa, ele vai, brincando com um aqui, provocando outro ali, e, assim, vai vendendo o seu leilão, fazendo a sua parte, na luta de todos para angariar renda, que será revertida para melhores condições de vida dos queridos velhinhos do Lar.
Romanholo, também, já prestou sua colaboração, durante quatro anos, no cargo de Presidente do Conselho Particular Sant´Ana e São Bernardo, transferindo, recentemente, para Lavina Pereira de Carvalho, essa missão. Ele, com certeza, é sempre um exemplo a ser seguido, por todos aqueles que querem seguir os caminhos de São Vicente, ou seja, os caminhos da fraternidade, da caridade. "Mesmo que já tenha feito uma longa caminhada, sempre haverá mais um caminho a percorrer."
O sucesso, há anos, da Festa de São Vicente de Paulo, passa pelas mãos de muitos colaboradores: os Conselhos, os Vicentinos, os festeiros, a Comunidade, os doadores, a Prefeitura e muitos outros. Entre eles o Zezinho, diminutivo no nome, mas grande no coração, a quem eu gostaria de prestar a minha homenagem, neste ano de 2012. Que São Vicente abençoe e proteja a vida dele e de sua família, concedendo-lhes, sempre, a graça da saúde, da alegria e da sabedoria. Que ele possa continuar a sua caminhada, fazendo ecoar pela cidade, a sua potente voz, conclamando a todos à solidariedade, e nos ensinado a nos tornarmos pessoas melhores.
Eu vou usar a fala de Santo Agostinho, que mais me faz lembrar de você Zezinho: “Com o coração se pede. Com o coração se procura. Com o coração se bate e é com o coração que a porta se abre”. Parabéns Zezinho e obrigada por você ser assim como você é.
Jacinta M. Souza (A “Rainha”).



Porfírio doou esta moto que será rifada em benefício do Lar Boa Esperança.
Deus lhe pague, Porfírio.


Ocorreu um erro neste gadget