O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.

O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.
ROGERIO DO BODOCÃO FAZ FESTA PARA AS CRIANÇAS DE BALDIM, COM BOLO, PRESENTES E MUITAS BRINCADEIRAS.

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

FESTA DE SÃO VICENTE





LIBERDADE X INFRAESTRUTURA
A Festa do Padroeiro São Vicente de Paulo em São Vicente, no Município de Baldim, chegou a contar com aproximadamente três mil pessoas ou mais entre moradores, São Vicentinos Ausente e Visitantes, BARRACAS de roupas, bijuterias, bebidas e comidas foram instaladas aleatoriamente em frente ás casas dos moradores da Rua Martins da Costa, quase impedindo que estes adentrassem suas casas, restos de comidas ente outros eram jogado nas calçadas atrás e ao lado das barracas, causando mau cheiro, atraindo moscas, as quais faziam a festa como convivas àquele banquete, acentuando ainda mais, a falta de higiene vigente. Necessidades fiscais eram feitas aqui e acolá, pois um só banheiro químico móvel não atendia a contento. Moral da historia: Liberdade excessiva de uns em detrimento do conforto de outros, em face do planejamento insatisfatório dos órgãos municipais, compondo uma infraestrutura insuficiente e sem visão global da situação, e mais, desrespeitando os Idosos e acamados moradores nesta rua. ( por Zequinha do Tupi )



Oi Zequinha de Tupi, você tem razão, isto vem acontecendo em São Vicente e a tendencia é piorar, na medida em que as festas vão ficando conhecidas e sem nenhuma infraestrutura o que poderia ser uma boa para a comunidade vai ficar insustentável. O numero de visitantes nas festas em São Vicente são um bom sinal de que o povo é hospitaleiro e as festas são boas. Mas sem organização, sem uma vigilância sanitária atuante, sem segurança pública e principalmente, sem respeito aos deveres e direitos das pessoas, além de espantar as pessoas que vão curtir as festas vai atrair aquelas outras pessoas que vão transformar estas festas num caos total. Três mil pessoas, sem infraestrutura básica já é um caos. O Carnaval de São Vicente já é famoso pela animação e o número de visitantes que atrai, mas todos os anos a comunidade fica sem água, até luz falta.É hora de cobranças mesmo, Zequinha, conte com meu apoio. ( por Ione Torres)



Ocorreu um erro neste gadget