O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.

O DIA DAS CRIANÇAS NO BODOCÃO, EM BALDIM.
ROGERIO DO BODOCÃO FAZ FESTA PARA AS CRIANÇAS DE BALDIM, COM BOLO, PRESENTES E MUITAS BRINCADEIRAS.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

OPINIÃO PÚBLICA




Missa de posse dos Vereadores
__________________________________________________
"NÃO ESTAMOS MORTOS!
           Baldim se manifestou antes do Brasil, mudou sem violência, cansou de político bom de papo, palestrante.
           O POVO BRASILEIRO agora quer subir a rampa dos TRÊS poderes.
           Para nós, baldinenses, um lembrete:  CUIDADO PARA NÃO DAR CHANCE AO PASSADO; vamos passar o recado para os nossos vereadores que, sem o povo, o regime passa a ser de minorias privilegiadas.
           OBS: Tenho ouvido por ai e até então, concordo, que nossos problemas, principalmente, na saúde perduram, porém vocês não podem esquecer que nessa mudança de liderança encontraram uma cratera. Vamos dar tempo para o novo prefeito se ajustar e depois cobrarmos. Muitos estão reclamando porque não estavam acostumados com regras, cobranças, horários, etc.
           Independente de partidos, queremos um Baldim de TODOS.
           CUIDADO COM FOFOCAS PRINCIPALMENTE AS POLITICAS.
 CLAUDIO URSINE - TIA SALETE"


Posse dos Vereadores
_____________________________________________________
JOVENS CABEÇAS PENSANTES ,
Estamos passando por um momento impar em nosso país, a população emergiu da comodidade de aceitar tantas coisas erradas, dinheiro público desperdiçado, gente passando por necessidades, tantos erros, enfim, cansou desse Brasil, desses políticos corruptos... e agora querem escrever uma nova história, mudar essa realidade.
É hora de exigirmos nossos direitos, de lutar por eles, vivemos numa democracia e queremos que ela seja respeitada, a manifestação aqui é para reivindicarmos nosso direito de FALAR na Câmara de vereadores da nossa cidade, (Baldim). É hora de exigirmos nossos direitos, de lutar por eles, vivemos numa democracia e queremos que ela seja respeitada, a manifestação aqui é para reivindicarmos nosso direito de FALAR na câmara de vereadores da nossa cidade, (Baldim) de não aceitar o autoritarismo. De forma pacífica, exigirmos os nossos direitos, e se necessário mudarmos o regimento interno da casa, pois graças a nós eleitores, é que ELES estão lá, e não podem nos tirar o direito de falar, acorda Baldim, é hora de fazer valer nossos direitos e nosso voto.
NÃO SEI COMO COMEÇAR ESSE PROTESTO, MAS CONTO COM APOIO DE PESSOAS, QUE COMPARTILHAM COM OS MESMOS IDEAIS DE JUSTIÇA E LIBERDADE DE EXPRESSÃO.


COMENTÁRIO
BALDIM, Pensa bem neste raciocínio:Um vereador ganha R$ 3.500,00 por mês, se ele participa de uma reunião por mês, podemos concluir que ele ganha então 3 mil e quinhentos por reunião, E SE a reunião durar 3 horas(o que é raro), conclui-se que eles recebem R$ 1.166,66 POR HORA. Agora, um professor, que ganha +/ – R$ 1.100,00 para trabalhar 24 horas semanais, conclui-se que este professor ganha por hora R$ 18,33 POR HORA. Agora, um pião ganha R$ 678,00 por mês, dividido por hora de trabalho, o coitado recebe a merreca de R$ 3,53 POR HORA. AGORA, isso é justo? Sabia que eles recebem isso tudo e que poderia receber muito menos? Só não fazem isso por que nós ficamos calados, somos OTÁRIOS.
Postado por Anônimo no blog 

 RESPOSTA - por Ione Torres
Anônimo, você apresentou uma forma interessante de avaliar o trabalho e a remuneração do Vereador , a Matemática é exata, não deixa dúvidas sobre os resultados. Este é extremamente negativo, ou seja, o salário do Patrão ( o Povo) não bate com o salário do empregado ( o Vereador). Chega a ser assustador, um disparate, uma realidade cruel, inconcebível e inaceitável. 

Resumindo seu cálculo, um Vereador ganha cerca de  1 mil reais por hora de reunião, um professor recebe cerca de 18 reais por um hora de aula e um assalariado recebe 3 reais e 50 centavos por um hora de trabalho duro, seja na enxada, na faxina, no balcão, no sol, na chuva, carregando peso, em todo tipo de serviço braçal. Isto não é justo, com certeza.



 E tem mais, todo Vereador, por lei, pode manter seu emprego remunerado, logo, ele não precisa do ordenado de Vereador pra sobreviver. Isto sem citar Deputados e Senadores que esbanjam dinheiro público. Por tudo isso e muito mais o povo está nas ruas, exigindo uma reforma política que resgate a Justiça e a Dignidade do Povo. 







Ocorreu um erro neste gadget